Pedido de emprego no sinal rende vaga de trabalho

O jovem advogado Wítalo de Souza Cruz, vestido de terno, foi para o semáforo pedir uma oportunidade de emprego. E conseguiu no departamento jurídico de uma construtora

 

Após pedir uma oportunidade de um emprego em um sinal da W3 Norte, na área central de Brasília,  o advogado Wítalo de Souza Cruz, 26 anos, conseguiu uma vaga de assistente auxiliar jurídico na BP Incorporadora, empresa do ramo da construção civil.

A busca por uma colocação começou em janeiro e teve fim nesta quarta-feira (12), quando começou a trabalhar no novo emprego. E o jovem foi disputado. “Os donos me chamaram por causa da faixa. Fiz a entrevista e eles optaram por mim. Além deles, tinha uma outra empresa que me chamou, mas acabei escolhendo essa”,  conta.
Empolgado, o advogado relata que valeu a pena o esforço de ficar no sol segurando uma faixa. “Não esperava toda essa repercussão, mas eu sabia que, pelo menos, algumas propostas iriam aparecer. Agora, tenho carteira assinada, todos os benefícios, salário…”, comemora.
As expectativas são as melhores. “Quero dar o melhor de mim. Crescer junto com a empresa. Auxiliar em tudo que for preciso”, disse.
Witalo saiu vitorioso não só na conquista de um emprego, como também ganhou a possibilidade de continuar estudando. Foi agraciado com duas pós-graduações e um cursinho para concursos.
Uma  é em direito civil na Escola de Magistratura do Distrito Federal (Esma), que começa mês que vem. “O Dr. Fábio Esteves (juiz e presidente da Associação dos Magistrados do Distrito Federal) viu a repercussão e me ofereceu uma bolsa.” A outra pós é no Centro de Estudos José Ares, que fica na Bahia, em direito administrativo. “O diretor de lá viu e falou comigo. Essa é on-line e eu já comecei”, diz.
Por fim, ele ganhou uma assinatura ilimitada no Gran Cursos Online. “Quem entrou em contato comigo foi o juiz Aragonê Fernandes, que é professor lá e ele conversou com a diretoria”, lembra.
anuncio patrocinado
Anunciando...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui