O DF chega a 3 mil mortes por covid-19 e tem quase 180 mil infectados

0

Do total de mortes, 246 são residentes de outras unidades da Federação que morreram em hospitais da capital. O número de infectados pela covid-19 chegou a 179.823 nesta quarta-feira (16/9)

 

O Distrito Federal chegou à triste marca de 3 mil mortes pela covid-19 nesta quarta-feira (16/9). Deste total, 246 vítimas eram residentes de outras unidades da Federação. Segundo o boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Saúde, apenas nas últimas 24 horas, foram contabilizadas 30 vítimas.

De acordo com a pasta, os óbitos ocorreram entre 10 de agosto e 16 de setembro. A maioria apresentava algum tipo de comorbidade e estava no grupo etário acima dos 60 anos. Dois moradores de Vicente Pires e um do Plano Piloto faleceram nesta quarta. Um deles estava em tratamento no Hospital de Campanha da Polícia Militar.

O balanço também apontou 1.076 novos casos da covid-19. Desde o início da pandemia, foram 179.823 infectados pela doença no Distrito Federal — 168.753 (93,8%) se encontram recuperados.

A região que concentra o maior número de contaminados é Ceilândia, com 21.931 ocorrências de contaminação pelo vírus. Taguatinga aparece em seguida, com 14.637 notificações e o Plano Piloto, com 14.246 pessoas que testaram positivo. As cidades com menor índice de casos são: SIA (69), Fercal (112) e Varjão (262). Outras 6.853 estão com a região administrativa em investigação pela Secretaria de Saúde.

Segundo o levantamento, a maior incidência de mortes está entre os homens, com 58,9%. No entanto, as mulheres são maioria entre os contaminados (53,8%). Pessoas entre 30 e 49 anos foram as que tiverem maior ocorrência da doença. Apesar de ser em menor proporção, 924 crianças menores de 2 anos na capital pegaram a infecção. De 2 a 10 anos, o número sobe para 3.127.

Nesta terça-feira (15/9), a Secretaria de Saúde notificou a segunda morte de criança entre 2 e 10 anos pela covid-19.

anuncio patrocinado
Anunciando...