Ministério investiga caso suspeito de ‘vaca louca’ em Minas Gerais

0

O primeiro teste deu positivo e o segundo, negativo. O ministério só deverá se manifestar após receber o resultado do terceiro exame

 

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) investiga um caso suspeito de ‘vaca louca’ em um frigorífico de Belo Horizonte. A informação foi divulgada nesta quarta-feira (1/9) pelo portal UOL. O comércio internacional de boi gordo na Bolsa de Valores de São Paulo, a B3, chegou a ser paralisado. O preço da arroba despencou 4%, chegando ao patamar de R$ 297,65.

Por volta do meio-dia, com os rumores de um caso suspeito da doença na capital mineira, as negociações do boi gordo começaram a perder força. Nos últimos nove meses, a cotação mais baixa registrada havia sido de 5,13%. Naquela época, em dezembro de 2020, o preço chegou a R$ 303, 55.

Consultores temem que o preço do boi gordo continue sendo afetado nos próximos dias, pelo menos até que o Mapa conclua as investigações. O UOL entrou em contato com a administração do frigorífico, que negou qualquer registro da doença.

Ainda de acordo com a reportagem, o caso teria acontecido em junho e o animal já foi sacrificado. O primeiro teste deu positivo e o segundo, negativo. O ministério só deverá se manifestar após receber o resultado do terceiro exame.

anuncio patrocinado
Anunciando...