Homem morre após sofrer parada cardiorrespiratória durante treino de judô

A vítima tinha 29 anos e chegou a sair do tatame ao se sentir mal. Os bombeiros tentaram fazer reanimação, mas não obtiveram sucesso

 

Um homem de 29 anos morreu, na noite desta terça-feira (2/7), depois de sofrer uma parada cardiorrespiratória enquanto treinava judô, em uma academia na QE 38 do Guará 2. O Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) foi acionado para atender a vítima.
De acordo com a corporação, Júnior Juvenal da Silva estava em parada cardiorrespiratória quando o socorro chegou. Imediatamente, foram iniciados  os procedimentos de reanimação, mas após 42 minutos de manobras, o médico da corporação declarou que ele havia morrido.
Aos militares, o professor de Júnior afirmou que o aluno treinava quando se sentiu mal e resolveu interromper o treino. Após sair do tatame, ele caiu no corredor da academia, já em parada. Júnior tinha problemas cardíacos, ainda segundo o professor.
Atuaram no atendimento nove bombeiros com o uso de duas viaturas e do helicóptero da corporação. Foram acionadas a Polícia Militar, para preservar a área e a perícia, para recolher o corpo e conduzi-lo até o Instituto de Medicina Legal (IML), onde será realizada a autópsia.
anuncio patrocinado
Anunciando...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui