Foragidos fazem mãe e filho reféns em prédio para se esconderem da polícia

0

Policiais foram ao local na noite passada. Dois dois quatro detidos invadiram o apartamento de uma família para se esconder

 

Três foragidos da Justiça por diversos crimes foram descobertos pela polícia se escondendo em um conjunto habitacional no Bairro Jardim Vitória, Região Nordeste de Belo Horizonte. Um quarto envolvido com o grupo foi detido no local. Para tentar escapar, eles chegaram a fazer uma família refém na noite dessa quarta-feira (6/10).

De acordo com a Polícia Militar (PM), eles receberam informações de que criminosos com mandados de prisão em aberto estavam escondidos em um apartamento invadido em um prédio na Avenida Magenta. Esses homens seriam do Bairro Palmital, em Santa Luzia, na Grande BH.

Chegando ao local, eles encontraram um deles, de 27 anos, saindo de um bloco. Demonstrando nervosismo, ele acabou abordado e teve a identificação confirmada e acabou contando onde os outros dois estavam.

Nas escadas de acesso ao apartamento, os policiais encontraram outro homem, de 24 anos. Esse disse ser amigo da dupla que estava no imóvel e que foi lá para levar uma sacola de pães e usar maconha.

Quando os policiais chegaram ao apartamento, encontraram a porta aberta e as luzes acesas, indicando a fuga. No entanto, ninguém havia saído do prédio. Os militares cercaram o bloco e começaram a chamar em todos os apartamentos para tentar localizar os criminosos e também avisar aos moradores sobre o risco dos criminosos em fuga.

Nesse processo, eles perceberam que não tiveram resposta em um único imóvel. O carro da proprietária estava no estacionamento. Eles chamaram mais uma vez e disseram que a porta seria arrombada. Foi quando eles ouviram o grito da mulher, que abriu a porta logo em seguida. Ela estava muito assustada e passando mal. Lá dentro estavam os dois homens, que têm 25 e 32 anos. A dupla ainda tentou escapar da polícia, mas foi imobilizada. O homem mais velho estava com uma faca.

Ainda segundo a PM, moradores que não sabiam o que estava acontecendo tentaram interferir na prisão e também precisaram ser afastados.

À polícia, a mulher, que tem 50 anos, contou que está reformando o apartamento e, quando foi colocar o entulho para fora, foi abordada pela dupla. Eles a obrigaram a entrar no apartamento e trancar a porta e fizeram gestos para que ela ficasse calada enquanto os policiais batiam à porta.

Ela estava acompanhada do filho, de 16 anos, que foi acordado pela mãe já rendida pelos foragidos. Ele disse que ela tentou abrir a porta algumas vezes, mas os homens a seguravam.

A família ficou em poder dos criminosos por cerca de uma hora. Ambos disseram que não tinham amizade com esses homens. Os criminosos receberam voz de prisão. Antes de ser levada à delegacia, a dupla precisou passar por atendimento médico com escoriações.

anuncio patrocinado
Anunciando...