Detran-DF disponibiliza 11 serviços na internet. Confira quais são

A medida tem o objetivo de dar mais agilidade e comodidade no atendimento ao cidadão

 

A partir desta quinta-feira (04/07/2019), o brasiliense pode contar com o Portal de Serviços do Departamento de Trânsito do Distrito Federal. Por meio da nova ferramenta, o usuário poderá se cadastrar e acessar pelo menos 11 serviços que antes eram oferecidos somente com atendimento presencial. Alguns deles, entretanto, vai exigir que a pessoa vá até uma unidade do órgão para o primeiro acesso.

Para acessar, basta entrar no site do Detran (www.detran.df.gov.br), menu Serviços, opção Portal de Serviços, ou ainda, clicar no link disponível na página inicial.

Segundo o órgão, a medida tem o objetivo de dar mais agilidade e comodidade no atendimento ao cidadão e também de diminuir o fluxo de usuários nos postos do Detran. A expectativa é de que a demanda presencial diminua entre 10% e 15%.

Segurança de dados

Os serviços disponíveis no portal exigirão a identificação do cidadão durante a navegação, porém, em alguns casos, como por exemplo, na opção alteração de endereço do veículo, o sistema poderá solicitar mais dados e, até emitir uma mensagem automática informando a necessidade de comparecimento a uma unidade de atendimento do Detran. Somente após esta etapa concluída, o usuário terá pleno acesso a todas as funcionalidades do site.

Mais serviços online

De forma gradativa, o Detran disponibilizará novos serviços online. A previsão é de que nos próximos meses, já seja oferecido o comunicado de vendas, a solicitação de autorização para fabricação de placas e tarjetas, e outros.

Confira a relação dos serviços que antes eram realizados somente nos Postos de Atendimento e estão disponíveis no Portal de Serviços do Detran-DF:

1. Consulta Habilitação/Restrição (Consulta dados da habilitação, QRCode para a CNH digital, Consulta restrições da Habilitação, Consulta de pontuação da habilitação e Emissão de nada conta da habilitação);

2. Autorização de estacionamento para idoso (emissão);

4. Autoindentificação de condutor infrator (Quem não coletou biometria é necessária identificação pessoal para o primeiro acesso a este serviço);

Veículo

2. Solicitação de 2ª via CRLV;

3. Solicitação de 2ª via CRV;

5. Consultar financiamentos;

6. Alteração de endereço de veículo (Quem não coletou biometria será necessária identificação pessoal para o primeiro acesso a este serviço);

7. Consultar débitos e restrições.

anuncio patrocinado
Anunciando...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui