Sucesso ou fracasso? Internautas debatem os atos do dia 07 de setembro

0

Ônibus, caravanas e hotéis lotados foram registrados em Brasília na véspera deste 7 de setembro. A PMDF se preparou para receber 100 mil manifestantes, mas estima um público de 500 mil

 

As manifestações deste 7 de setembro na Esplanada dos Ministérios, região central de Brasília, dividem opiniões. Mesmo depois que o ato em apoio ao presidente Jair Bolsonaro foi encerrado, internautas seguem em discussão para saber se o movimento fracassou ou foi um sucesso.

Para efeito de comparação, alguns citaram eventos culturais que ocorriam na capital federal nos tempos pré-pandemia. O show do RBD em 2008 foi lembrado, assim como a apresentação da cantora Rita Lee em 2012. A banda Capital Inicial, que nasceu no DF, também foi lembrada como exemplo de evento com público maior que o desta terça-feira.

 

Outro internauta argumentou que para “encher a Esplanada” seria preciso que a área ocupada chegasse, pelo menos, até a Catedral Metropolitana, que fica há cerca de 1,3km da sede do Congresso.

Embate

Os apoiadores do presidente, por outro lado, também foram ao Twitter para comemorar e argumentar exatamente o oposto. Segundo eles, a Esplanada estava realmente lotada e a manifestação em apoio ao governo, contrária ao Supremo Tribunal Federal (STF) e ao sistema eleitoral, foi um sucesso.

Estimativa de público

A PMDF informou na segunda que se preparava para receber um público de 100 mil pessoas na manifestação desta terça. Logo no fim do ato, a Secretaria de Segurança comunicou que não divulgaria as estimativas oficiais de público.

Entretanto, fontes da PM informaram que a contagem gira em torno de 400 mil pessoas ao longo de toda a manhã deste 7 de setembro. Apesar da tensão entre os protestos da oposição e os governistas, não foram registradas ocorrências graves ao longo do evento.

Vale ressaltar que não se tem certeza de quanto do público é local ou quantas pessoas vieram de outros estados. Isso porque os hotéis da capital estão lotados desde o fim de semana, com caravanas, ônibus fretados e maior movimentação nas entradas da cidade com a chegada dos manifestantes bolsonaristas — que, inclusive, conseguiram furar o bloqueio policial e causaram tumulto na Praça dos Três Poderes na noite de segunda.

 

 

 

 

anuncio patrocinado
Anunciando...