O presidente Zelensky disse que as tropas estão em ‘situação difícil’ no leste da Ucrânia

Segundo ele, a Rússia procurou explorar a escassez de munição e mão de obra na Ucrânia

 

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, afirmou nesta quinta-feira, 9, que o exército de seu país está enfrentando “uma situação realmente difícil” nas regiões do leste, onde as tropas estão lutando para conter um intenso avanço russo em partes da linha de frente.

Segundo ele, a Rússia procurou explorar a escassez de munição e mão de obra na Ucrânia, a medida que o fluxo de suprimentos ocidentais desde o início da guerra diminuiu, reunindo grandes concentrações de tropas no leste e no norte e obtendo vantagem no campo de batalha.

Mas um novo pacote de ajuda militar maciça dos EUA está chegando e vai virar a maré, disse Zelensky, durante uma coletiva de imprensa em Kiev, com a visita da presidente do Parlamento Europeu, Roberta Metsola. “Com um aumento no fornecimento de armas, poderemos detê-los no leste”, afirmou.

Em outros desenvolvimentos da guerra, o governador da região russa de Bascortostão relatou que um ataque de drone na cidade de Salavat causou um incêndio em uma instalação petroquímica. Salavat fica a cerca de 1,2 mil quilômetros do ponto mais próximo da fronteira com a Ucrânia, o que torna esse possivelmente o ataque ucraniano mais profundo já realizado na Rússia. As autoridades de Kiev não fizeram comentários sobre o ataque.

anúncios patrocinados
Anunciando...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.