Ibaneis demite recém-chegado diretor do Hran e substitui o do HRC

Decisão foi publicada no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF) desta sexta-feira (7/6)

Um dia depois de exonerar o quinto diretor de hospitais públicos do Distrito Federal, o governador Ibaneis Rocha (MDB) demitiu o recém-chegado gestor do Hospital Regional da Asa Norte (Hran), Josinaldo da Silva Cruz. Ele tinha assumido o cargo em março, após a saída do então chefe da unidade. A decisão foi publicada no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF) desta sexta-feira (7/6). Na ocasião, Ibaneis também tornou sem efeito a nomeação do diretor do Hospital Regional de Ceilândia (HRC), Renato Sérgio de Medeiros Souza. No lugar dele, assume o médico Marcos da Silva Berssanetti.

A Secretaria de Saúde informou que o diretor do Hran pediu para ser exonerado e voltou a reafirmar que a função é cargo de confiança. “A Saúde está, gradativamente, ajustando os gestores à filosofia de trabalho da atual gestão.” A pasta, no entanto, não deu detalhes sobre a substituição do diretor do HRC.

Desde o início do governo, Ibaneis adotou o discurso de exonerar servidores que não apresentarem resultado. Na quinta-feira (6/6), ele substituiu o então diretor do Hospital Regional do Gama (HRG), André Zamuner e nomeou Alan Duailibi para o cargo. A justificativa para a mudança teria sido superlotação da unidade. 

As outras demissões ocorreram entre março a maio, no Hospital Regional da Asa Norte (Hran), no de Sobradinho, no de Brazlândia e no de Santa Maria.  Em 15 de maio, o governador exonerou a diretora do Hospital Regional de Sobradinho após a morte de Beatriz Viana da Silva, 19 anos. A jovem procurou a unidade de saúde em 11 de maio, com fortes dores abdominais, acompanhada do marido, mas saiu de lá sem atendimento.

Em 28 de março, o então diretor do Hospital Regional de Santa Maria, Igor Silveira Dourado, também foi demitido. Em 20 de março, Ibaneis confirmou a exoneração do diretor do Hospital Regional na Asa Norte (Hran), Gustavo Bernardes, e do superintendente da Regional de Saúde Central, Adriano Guimarães Ibiapina. 

No mesmo mês, em 8 de março, o governador dispensou o chefe do Hospital Regional de Brazlândia, após médicos da unidade serem filmados descansando em uma sala enquanto pacientes aguardavam atendimento.

anuncio patrocinado
Anunciando...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui