Ato reúne apoiadores de Moro, Lava Jato e Previdência em Brasília

A manifestação, organizada pelos grupos Nas Ruas, Vem Pra Rua e Movimento Brasil Livre (MBL), mobiliza quase 200 cidades do país

 

 

Neste domingo (30/06/2019), apoiadores do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, reuniram-se na Esplanada dos Ministérios para um ato a favor da Operação Lava Jato e das agendas defendidas pelo ex-juiz, como o pacote anticrime. A manifestação, organizada pelos grupos Nas Ruas, Vem Pra Rua e Movimento Brasil Livre (MBL), mobiliza quase 200 cidades do país durante todo o dia.

Em Brasília, a passeata começou a ganhar volume a partir das 11h e foi encerrada às 13h. A Secretaria de Segurança Pública (SSP-DF) e a Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) disseram que não farão balanço sobre o número de pessoas no local, mas a organização estima que 20 mil estiveram na Esplanada.

Os protestos, organizados principalmente por três grupos, defendem a reforma da Previdência, a aprovação do pacote anticrime de Moro e a manutenção da Operação Lava Jato. Os grupos Nas Ruas, Vem Pra Rua e Movimento Brasil Livre (MBL) convocaram as manifestações após vazamento de conversas de Moro e dos procuradores da Lava Jato, interpretados como “ataques” à operação e ao combate à corrupção.

De acordo com cálculos do movimento Vem Pra Rua, 194 cidades terão atos. Em São Paulo o protesto será na Avenida Paulista. No Rio de Janeiro, a concentração será na Avenida Atlântica. São Paulo é o estado com mais protestos agendados, com pelo menos 40 cidades confirmadas. Em Goiás, haverá atos em Goiânia, Anápolis e Luziânia — no Entorno do DF—, entre outros municípios. Por volta de 12h20, havia manifestação em 20 cidades de seis estados e no DF.

Manifestantes lotam a Esplanada

Os manifestantes começaram a chegar na Esplanada às 10h. Com rostos pintados, faixas, bandeiras do Brasil e camisetas personalizadas durante o próprio evento, eles cantaram o Hino Nacional repetidamente e entoaram gritos de guerra a favor do presidente Jair Bolsonaro (PSL). Do alto do carro de som, autoridades, como os deputados federal Eduardo Bolsonaro (PSL-RJ), Bia Kicis (PSL-DF) e o ministro-chefe do GSI, General Augusto Heleno, inflamaram o público com discursos a favor do governo.

Entre os pleitos dos participantes do ato, estavam pedidos de afastamento do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, aprovações da reforma da previdência e do decreto das armas, de Jair Bolsonaro. Eles também empunhavam bandeiras e capas com a frase “Lava Toga”, em referência à atuação dos ministros do Supremo Tribunal Federal.

“Estamos aqui em defesa do Moro, da Lava Jato e de todas as reformas que o Bolsonaro quer implantar. Foi indignante vê-lo ser questionado no Congresso como se fosse um bandido. Mas ele saiu muito maior de lá. Moro é igual o Bolsonaro, quanto mais bate, mais cresce”, disse a dentista Maria do Carmo Sales, de 66 anos.

Para a servidora pública Teresinha Saboia, 59 anos, é importante também apoiar a reforma da Previdência e o presidente Jair Bolsonaro. “A atuação dele no G20 só o engrandeceu. O Bolsonaro é o cara escolhido lá de cima.”

Faxineiro Patriota

Atualmente com 25 pessoas, o movimento Brasilidades se conheceu na manifestação de 26 de maio, na estação do metrô de Brasília. “A gente ia de vagão em vagão e os patriotas nos aplaudiam”, lembra o letrista Marconi Antônio Lopes Rosa, de 50 anos, morador de Brazlândia. Marconi administra o grupo no Whatsapp, onde os integrantes combinam onde serão os próximos atos. Neste domingo (30/06/2019), está vestido de faxineiro, pois deseja varrer toda a corrupção do país. “Nós defendemos o Bolsonaro, a Previdência, o decreto das armas e o pacote anticrimes.”

Brasil nas ruas

Apoiadores do ministro Sergio Moro e da Operação Lava Jato estão mobilizando o Twitter neste domingo (30/06/2019). Dos 10 assuntos mais comentados na rede social, a hashtag “Brasil nas ruas” em apoio às manifestações que estão previstas em todo o país neste domingo está em segundo lugar.

Nas postagens referentes à hashtag, usuários da rede social publicam fotos de preparativos para os atos e informações referentes aos locais e horários. As publicações também mencionam apoio às reformas propostas pelo governo, como a da Previdência e o pacote anticrime proposto pelo Ministério da Justiça.

anuncio patrocinado
Anunciando...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui