Acilino Ribeiro lança livro sobre a história do movimento estudantil e da juventude brasileira no Congresso da UNE em Brasília.

Um livro que todo estudante deveria ler para compreender a organização e   trajetória de um movimento   que protagonizou as principais mudanças que marcaram o país. Estamos falando do livro Movimento Estudantil e Juventude Revolucionária do escritor e ativista político dos direitos humanos Acilino Ribeiro, dirigente nacional do PSB e secretário nacional de um dos principais segmentos sociais do partido, o MPS- Movimento Popular Socialista; a tendência mais à esquerda dentro do Partido Socialista Brasileiro. Em pouco mais de 120 páginas, ele faz uma reflexão sobre os 500 anos de luta de uma juventude contestadora, rebelde, que sonhou mudar o mundo, como em 1968, do qual ele foi um dos protagonistas da geração de José Dirceu, Wladimir Palmeira, Luís Travassos e outros. Discorre sobre a herança política, cultural, ideológica que esse movimento deixou para as gerações futuras.  Fatos como o golpe militar de 64, apoiado pela classe média, que resultou em atos como a passeata dos 100 mil.  As ações eram variadas, plurais. Não se tratava apenas de grupos políticos, mas de manifestações de civis, apoiada por cidadãos descontentes com o rumo que o país estava tomando.

A trajetória do movimento estudantil no Brasil, desde a década de 1900 até o final da década de 1990, é detalhada por Acilino   com ênfase no período do Golpe Militar, enfocando a atuação dos estudantes, sua organização como classe estudantil, suas inúmeras facções, militância, a perseguição sofrida, que resultou na morte e desaparecimento de muitos no enfrentamento de um estado ditatorial. O livro traz experiências vividas pelo próprio autor que atuou não apenas no Brasil, mas viveu a experiência revolucionária em vários países do mundo.

O lançamento do livro será nesta sexta-feira, no 57º   Congresso Nacional da UNE – União Nacional dos Estudantes, na UNB – no Ceubinho ICC Norte, em Brasília (DF).

PERFIL: Acilino Ribeiro é advogado de movimento sociais, professor universitário, historiador, cineasta e escritor. Foi dirigente e membro do Comitê Central PCB, Partido Comunista Brasileiro; ex-guerrilheiro do MR8 contra a ditadura militar no Brasil e é um antigo combatente internacionalista onde comandou colunas guerrilheiras da Internacional Revolucionária contra o imperialismo durante a Guerra Fria, na África, Ásia América Latina e Oriente Médio.

Acilino foi vereador em Teresina, ex-superintendente do INCRA no governo Itamar Franco, ex-Secretário de Estado da Reforma Agrária no governo do Piauí e também ex-subsecretário de Estado de Movimentos Sociais e Participação Popular no governo de Rodrigo Rollemberg no DF.

anuncio patrocinado
Anunciando...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui