Moda na decoração: mundos que conversam

moda na decoração

Por muito tempo, os segmentos de moda e de decoração eram distintos, de modo que não se via traços de um no outro. No entanto, isso mudou mais recentemente, sendo possível identificar as influências da moda na decoração hoje em dia.

De fato, é um pouco estranho pensar em como a moda das roupas e do vestuário poderia ser aproveitada no setor decorativo. Afinal, eles são elementos opostos, que atuam em áreas distintas.

 

Mas, como não há proibições ou restrições quando o assunto é tendência e novidades, mais recentemente a combinação entre moda e decoração deu certo. Isso porque uma pode ser bem aproveitada dentro da outra.

 

Nesse sentido, mesmo que sejam aspectos diferentes, é possível dizer que moda e decoração são mundos que conversam entre si. 

 

Ou seja, se uma empresa de arquitetura e reforma quer se manter atualizada dentro do seu nicho, um dos elementos para o qual ela precisa estar atenta é para a moda. 

 

Para os profissionais da área de decoração que já seguiam e acompanhavam o setor de moda, a sensação de mudança pode ser pouco disruptiva. Porém, para quem não estava conectado com esse cenário, o trabalho está só começando. 

 

Imaginar que grandes marcas de roupa, hoje podem ditar as características de uma decoração era um tema impensável há pouco tempo, mas já não há como negar a convergência que moda e decoração possuem entre si.

 

Por isso, moda e decoração hoje caminham lado a lado, em uma relação que pode ser mais natural do que se podia pensar. Estar por dentro desse universo é essencial e exige um acompanhamento minucioso para aproveitar os efeitos dessa junção.

 

Se você atua em uma dessas áreas, ou apenas se interessa pelo tema, este artigo é para você. Portanto, prossiga na leitura do conteúdo e entenda mais sobre a influência da moda na decoração e algumas tendências para 2022.

Como a moda influencia também na decoração?

Muitas vezes, quem está comprando um artigo de decoração, como uma persiana rolo com bandô, nem imagina que aquele determinado modelo pode ter recebido como inspiração alguns dos aspectos de destaque no mundo da moda.

 

As grandes marcas e grifes de roupas são responsáveis por ditar a moda, influenciando em detalhes na construção dos melhores looks possíveis. Entre as características que uma peça de roupa atual pode ter, vale mencionar:

 

  • O corte;
  • A cor;
  • As texturas;
  • As estampas;
  • Os formatos.

 

Quem vê esses elementos presentes em uma peça de roupa pode nem imaginar o caminho que é percorrido para que aquele vestuário fosse concebido e virasse inspiração para uma nova coleção de roupas.

 

De fato, é depois de muito estudo que uma peça de roupa passa a ser uma referência no setor têxtil e serve como inspiração para várias marcas do ramo.

 

No entanto, quando isso acontece, a probabilidade é de que essas peças inspirem nomes famosos da moda e da decoração, rendendo uma nova maneira de embelezar pessoas e ambientes.

 

É como olhar para uma decoração de ambientes externos e prever quais elementos precisam estar dentro desses locais para não deixar que o espaço se torne um local pouco interessante ou deixe de ficar aconchegante.

 

Nesse sentido, tanto uma peça de roupa quanto um armário se tornam peças de um cenário maior. Ou seja, elas estão dialogando com as possibilidades que podem ser inseridas em uma decoração sem grandes dificuldades.

 

Além disso, é comum que os clientes que são fãs e adeptos de peças de vestuário de luxo tenham interesse em utilizar as grandes marcas também na personalização dos cômodos da sua casa.

 

Assim, uma simples roupa de cama, ou uma capa de almofada básica dão lugar a acessórios e componentes nos quais é possível perceber a influência da moda, ou seja, em alguns tipos de tecido e em outros elementos.

 

Aqui é comum que móveis, papéis de parede, tecidos de estofados e muitos outros elementos ganhem uma repaginada, se transformando em itens de decoração da moda, que são capazes de construir ótimos ambientes.

 

De maneira prática, é como imaginar que uma simples persiana painel para quarto pode ser muito mais bela e interessante quando ela recebe características das grandes marcas da moda, personalizando o item com sucesso. 

Tendências de decoração para 2022

Quem pensa que exibir um artigo decorativo que leva uma marca na sua composição é uma maneira ultrapassada de lidar com a moda, está enganado. Essa escolha pode representar uma atualização é uma percepção atualizada de decoração. 

 

Depois de entender mais sobre o significado da moda como fator de influência na decoração, o céu é o limite para a montagem de espaços incríveis. Há algumas tendências para 2022 que podem ajudar no processo, conforme veremos a seguir.

1. Visual vintage

O visual vintage é um estilo que nunca sai de moda. Da mesma forma que uma peça de roupa mais antiga pode ser completamente mudada, os móveis podem passar por uma reforma para ganhar uma nova aparência.

 

Em 2022 essa é uma tendência de moda, que também pode fazer sentido para a decoração de móveis. Depois de reformar um rodapé de madeira branco, por exemplo, é possível utilizar a mesma cor para um gaveteiro antigo, renovando a peça.

 

Essa característica, além de ser multifuncional, é também sustentável, pois evita que itens de moda ou móveis sejam descartados. Além disso, a pintura de uma mobília, por exemplo, ajuda a conferir um visual vintage exclusivo para o local.

 

O vintage tem como objetivo deixar o ambiente mais delicado e leve, de maneira que apostar em tons pastéis, no preto e no marrom é uma ótima opção para reaproveitar um móvel antigo.

2. Conforto e bem-estar

Entre as peças de roupa que mais fazem sucesso no dia a dia das pessoas, as que são mais confortáveis costumam ser as preferidas. Afinal, elas conferem bem-estar no decorrer do dia.

 

Quando essa tendência é aplicada na decoração, ela é responsável por tornar um cômodo frio e apático em um ambiente aconchegante e bonito. Isso inclui revitalizar um pavimento, com a raspagem de piso, para depois devolver o brilho da superfície.

 

Outra maneira de conferir bem-estar na decoração da residência é apostar no uso de cores e texturas, sempre colocando esses elementos em paredes próximas de móveis. O uso de almofadas e de tecidos para cobrir o sofá também ajudam nesse processo. 

 

As estampas e cores desses tecidos podem ser escolhidas de acordo com as tendências do momento, ajudando a unir o mundo da moda com o da decoração dentro de casa.

3. Minimalismo

A própria decoração de um escritório planejado apartamento, da sala de estar ou de qualquer outro cômodo da casa pode utilizar como critério a tendência do minimalismo. Isso quer dizer que quanto menos itens houver, melhor.

 

O minimalismo é uma tendência que ganha cada vez mais adeptos por vários motivos. Entre eles, é possível incluir a praticidade, a facilidade e a sutileza, características fundamentais desse estilo.

 

Quando ele é aplicado à moda, o minimalismo é visto em composições básicas, com camisetas, calças, saias e sapatos mais simples. Ou seja, é possível compor um look minimalista com peças de roupas sem muitos detalhes.

 

Na decoração, uma possibilidade é a de combinar mobílias com um piso laminado espaço floor, sem que isso signifique investir em uma grande quantidade de itens. Na prática, o minimalismo é bastante funcional para o dia a dia.

 

Isso porque facilita a limpeza e a organização dos ambientes, além de trazer uma maior sensação de tranquilidade. O minimalismo prioriza o uso de linhas longas e retas, discretas, mas sem deixar de lado a elegância.

 

Nesse sentido, da mesma forma em que permite uma melhor harmonização no vestuário, ela também ajuda a deixar uma residência mais leve e aconchegante.

 

Os tecidos presentes no minimalismo costumam ser de cores neutras, como o marrom, o bege e o branco. Em termos de materiais usados nas mobílias, os mais vistos são madeira, vidro e aço.

 

Ao analisar essas tendências de decoração, é possível perceber mais facilmente o quanto o mundo da moda e o da decoração conversam entre si, de maneira que um pode influenciar no outro com tranquilidade e assertividade.

Considerações finais

O mundo da moda é repleto de características que são aplicadas para o desenvolvimento de novas peças de vestuário, que visam oferecer beleza, conforto e novidades constantes ao público.

 

Da mesma forma, o mundo da decoração também tem o objetivo de trazer tendências e produtos que possam compor cenários incríveis, tanto para imóveis domésticos quanto comerciais.

 

Não à toa, ambos estão ligados e podem influenciar um no outro, rendendo novidades interessantes. Se você reconhece essa conexão, não deixe de aplicar as tendências de 2022 nas suas peças de vestuário e na decoração da sua casa.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

anuncio patrocinado
Anunciando...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui