Designer de interiores: como funciona na prática?

Pleased curly woman holds paint roller, imagines interior of new house, does repairing alone, has dreamy expression, stands against home design project, focused on right side. Home improvement

O planejamento é algo que não pode ficar de fora da vida de ninguém, ele é essencial para tudo em nossa rotina, desde o que envolve o âmbito profissional até o pessoal, deixá-lo de lado é muito perigoso. 

Isso porque sabemos bem que todos possuímos metas e objetivos a serem alcançados, e para chegar neles de maneira tranquila e eficaz, é preciso contar com um bom planejamento que serve como o alicerce dessa situação. 

E quando falamos do design de interiores, o assunto não muda, é preciso ter um ótimo planejamento para realizar o serviço da melhor maneira possível, afinal de contas, estamos lidando com a construção de um espaço muito especial para o cliente. 

Assim como uma pessoa que acabou de comprar um carro novo deseja o melhor serviço de higienização de estofados de automóveis para ele, é normal que quem acabou de comprar um apartamento ou uma casa também queira o melhor design possível. 

Infelizmente, ainda existe um mito que rodeia o design de interiores, pois muitos ainda pensam que se trata de algo que não faz tanta diferença assim dentro de um espaço, mas isso não passa de uma grande mentira e até mesmo ignorância de quem não entende sobre o assunto. 

O design de interiores é uma área focada na construção de um ambiente ideal para o que você deseja transmitir, independentemente se ele for um escritório ou até mesmo os cômodos da sua nova casa. 

Sendo assim, contar com um bom designer de interiores vai além de apenas ter um profissional que te ajudará a construir a sua casa, mas uma pessoa disposta a entregar um ambiente único e personalizado para você. 

Assim como é importante ter a melhor argamassa polimérica alvenaria estrutural para a sua casa ou apartamento, contar com um bom designer de interior para te ajudar no baita desafio que é construir um espaço para se trabalhar ou morar, torna-se fundamental. 

Por isso, hoje você conhecerá a fundo o trabalho de um designer de interiores assim como todo o planejamento que esse profissional precisa seguir junto aos seus clientes para entregar o melhor resultado possível. 

Entenda o que um designer de interiores faz 

O processo de design de interiores é focado na construção de ambientes que compõe uma casa ou uma empresa, seu objetivo é entender e aplicar técnicas que entreguem um ambiente otimizado e de acordo com o que o cliente deseja. 

Muitos ainda chegam a confundir o designer de interiores com o arquiteto, mas eles possuem suas diferenças que precisam ser muito bem entendidas para que você entenda qual profissional contratar para o seu objetivo. 

O arquiteto é o profissional focado na construção de ambientes, sejam eles interiores ou exteriores, ou seja, ele pode atuar tanto na construção de um escritório para uma marca de câmera de segurança para empresa quanto para a decoração de um quarto de criança. 

Já o designer de interiores é o profissional especialista na construção de ambientes internos, ou seja, cômodos que compõem uma casa, um apartamento ou uma empresa. Ele não trabalha diretamente com a construção da parte externa do lugar.  

Então, se você precisa de uma pessoa para te ajudar na construção, estruturação, acabamento e levantamento da sua casa, você pode contar com um arquiteto, pois é ele que tem propriedade para te ajudar nisso. 

Agora, se você deseja criar os cômodos da sua casa e ver ideias de cores, decoração, posicionamento, texturas e acabamentos para cada lugar, então o designer de interiores é o profissional mais qualificado para te ajudar nessa missão. 

Assim como é  importante contar com uma empresa de instalações elétricas e hidráulicas com especialistas para te ajudarem nisso, o designer de interiores fará todo esse processo ser ainda mais simples e feliz para você. 

Entretanto, assim como qualquer outra profissão no mercado, o design de interiores precisa e possui um planejamento que precisa ser seguido à risca para que tudo saia como o planejado. 

Conheça o planejamento de um designer de interiores 

O planejamento de um designer de interiores precisa ser de conhecimento tanto do profissional quanto do cliente, para que ambos respeitem todos os passos e não queiram atropelar as coisas com ansiedade para que o projeto fique pronto logo. 

Cada passo desse planejamento é importante e essencial para que tudo saia da melhor maneira possível e o designer consiga entregar um ótimo trabalho e o cliente tenha um espaço ainda melhor do que imaginou ter. 

Sendo assim, confira abaixo quais são os passos de um planejamento de design de interiores e a importância de cada um deles: 

  1. Entrevista com o cliente

É normal que quando você pensa em adquirir um serviço de furo em concreto, por exemplo, você, antes de qualquer coisa, procure conhecer mais sobre a empresa em questão, a reputação dela, o seu diferencial no mercado e a forma de atendimento. 

O designer também precisa conhecer a fundo os seus clientes, por isso, o primeiro passo é um bate-papo para que vocês se conheçam e ambos conheçam o perfil um do outro e a maneira com a qual trabalham. 

Essa conversa faz com que vocês se identifiquem ou até mesmo vejam se essa é a pessoa que deseja trabalhar, pois se não for, é melhor já saber disso desde o início do que deixar o tempo passar e acabar acarretando em grandes problemas para ambos os lados. 

  1. Desenvolvimento do projeto 

O desenvolvimento do projeto é a parte onde o designer entende tudo o que você deseja e precisa dentro do ambiente para começar a construir o interior do espaço seguindo o que você passou para ele tanto de informações quanto de referências. 

Para esse passo, que é o mais importante até aqui, o designer precisa manter um contato direto e acessível com a empresa de gestão de obras que cuida da construção da sua casa, apartamento ou escritório, justamente para manter todos os processos alinhados. 

Dentro deste passo, contamos com mais três etapas essenciais para que tudo funcione da melhor maneira possível, e são elas: 

  • Estudo preliminar;
  • Anteprojeto;
  • Projeto executivo. 

O estudo preliminar é uma espécie de esboço com desenhos sobre o que você deseja ter dentro do ambiente, costuma ser algo bem brusco e sem muita preocupação para que seja um desenho bonito, mas apenas uma ideia do que se deseja.

Já o anteprojeto é a fase onde aquele desenho brusco tomada uma melhor forma, seja através de um desenho a mãos mais elaborado ou até mesmo a montagem de projetos em 3D através do computador do próprio designer. 

Aqui, é válido ressaltar que é nessa parte que o cliente também já escolhe se deseja o acabamento em cimento marmorizado ou outro material, pois o designer consegue fazer o desenho com o material já escolhido pelo cliente. 

Por fim, o projeto executivo nada mais é do que todo o design pronto e que é apresentado para o cliente em formato de PowerPoint ou até mesmo através de um tour 360 para mostrar para o cliente como será o seu espaço. 

Como mencionamos no início, essa é a etapa mais importante pois é onde tudo acontece e o momento onde as decisões são tomadas para que os profissionais comecem a colocar a mão na massa, literalmente. 

Execução do projeto 

Por fim, chegamos à parte prática, onde todo o projeto já está pronto e foi aprovado pelo cliente, então, o designer de interiores entrega para a empresa e os profissionais que começaram a trabalhar, de fato, na construção do ambiente. 

É nessa hora que os devidos materiais, equipamentos, ferramentas e utensílios precisarão ser comprados, como:

  • Tintas para pintura;
  • Barra de ferro cantoneira;
  • Papel de parede;
  • Itens de decoração;
  • Lustres e luminárias;
  • Quadros e janelas, entre outros. 

E o designer de interiores permanece por perto para monitorar todo o andamento do projeto e se certificar de que tudo está sendo feito da maneira que foi alinhada entre ele o cliente, garantindo a entrega do ambiente da maneira que foi solicitada. 

Esse é o planejamento que o designer de interior precisa seguir em todos os seus trabalhos e precisa ser respeitado tanto por ele quanto pelo cliente, pois como viu, cada um deles possui um objetivo e importância para a construção de um ambiente ideal. 

Considerações finais 

O trabalho do design de interiores vai além da criação de um lugar bonito, mas ele trabalha diretamente com o sonho de pessoas que estão finalmente vivendo a experiência de construir sua própria casa ou empresa. 

Por isso, entender o planejamento desse tipo de profissional traz mais tranquilidade para você, quanto cliente, por saber como tudo será feito e que, acima de tudo, você contará com um bom profissional para te acompanhar em todo o processo. 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

anuncio patrocinado
Anunciando...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.