Resistência: grupo de Capoeira enfrenta pandemia e forma turmas com aulas virtuais

0

 

O Bando Matilha Capoeira participou de uma formatura de alunos, no âmbito do Circuito Candango de Culturas Populares, e lança videoclipe no Dia do Capoeirista.

 

O Bando Matilha Capoeira participou do Batizado 2021 das turmas infantil e adulto participantes da pioneira formação promovida online pelo coletivo, no último domingo, 11/07, em Sobradinho. Como registro histórico, o grupo lança um videoclipe , na data em que se comemora o Dia do Capoeirista, 03 de agosto, no canal de Youtube do Instituto Rosa dos Ventos , retratando como deu-se o processo de encerramento da formação. O evento ganhou notoriedade por tratar-se da primeira vez em que as duas turmas formada pela digital, em virtude do estado de exceção vivido pela pandemia do Covid-19.

No decorrer do ano, foram muitos os alunos participantes das aulas online, ensinamentos passaram pela base da capoeira e pelas tradicionais manifestações como a puxada de rede, a dança do fogo e o maculelê, As aulas culminaram na formação de duas turmas ao fim do processo. Além dos clássicos ritos de passagem típicos de batizados de Capoeira Regional e Angola, a formatura dos 16 iniciantes – 6 do grupo infantil e 10 da turma adulta – foi contemplada pela apresentação do espetáculo teatral Bê-a-Bá do Berimbau, obra montada pelo grupo no âmbito do Circuito Candango de Culturas Populares, obtendo o melhor repercussão e aceitação pública por onde passa.

nos quais professores executavam movimentos, toques, cantos, exercícios, além de fornecer explicações técnicas, históricas e feedbacks sobre cada aprendizado proposto. Também eram discutidos temas relacionados à cultura da capoeira e, pelas mesmas vias, todos os alunos nascidos tirar dúvidas e fazer sugestões “.

Ao todo, a formação de crianças e adultos na arte da capoeira durou mais conduzido de 1 ano, em modo virtual, até a retomada das aulas presenciais entre março e abril de 2021. O projeto é um dos territórios contemplados pelo Circuito Candango de Culturas Populares pelo Instituto Rosa dos Ventos e fomentado pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa (SECEC-DF). De acordo com Stéffanie Oliveira, presidente da Rosa dos Ventos, “o projeto superou as barreiras impostas pelo isolamento social e reinventou suas práticas pedagógicas para não deixar de instruir seu alunado e difundir essa cultura ancestral. O desafio de manter o interesse dos formandos e a eficiência das instruções pela via foram superados virtuais pelo Bando Matilha com excelência e como novas turmas formaram-se com êxito.Foi mais um ato de resistência dessa arte tradicional secular que segue demonstrando o porquê de ser considerada Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade. Assim, surpresas com essa superação, agradecemos pelo esforço do Bando e seguimos na torcida para que esse difícil período seja amenizado com o avanço das vacinações “.

 

Serviço: lançamento do videoclipe da formatura da primeira turma digital do Bando Matilha Capoeira.

Data: 03/08.

Local: https://www.youtube.com/watch?v=XEG9LiPYJBE

anuncio patrocinado
Anunciando...