SEDF nega veracidade de suposto edital publicado nas redes sociais

A SEDF possui o  aval para oferecer 812 vagas imediatas, mais 3.442 vagas para a formação de cadastro de reserva

Em nota, a Secretaria de Educação do Distrito Federal (SEDF) afirmou que é falso o suposto edital do novo concurso público da pasta que circula nas redes sociais, na última segunda-feira (20/6). De acordo com o órgão, o documento ainda está em fase de construção e o verdadeiro edital será publicado no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF).

“O falso texto divulgado baseia-se em uma coleção de recortes com alguns trechos do Projeto Básico, que é o documento norteador para qualquer edital e, ainda, alguns trechos do edital 23, referente ao concurso de 2016”, reitera a SEDF.

A autorização deste certame foi dada em março deste ano. A SEDF possui o  aval para oferecer 812 vagas imediatas, mais 3.442 vagas para a formação de cadastro de reserva, sendo distribuídas para cargos de professor, pedagogo e analista de gestão educacional. Veja:

  • Professor de Educação Básica: 776 vagas imediatas + 3.104 cadastro de reserva
  • Pedagogo-Orientador Educacional: 20 vagas imediatas + 80 cadastro de reserva
  • Analista de Gestão Educacional: 16 vagas imediatas + 258 cadastro de reserva

À época, estava previsto que o edital fosse publicado em abril deste ano, “eu preciso homologar até 30 de junho por causa da lei eleitoral. Posso chamar [os aprovados] no segundo semestre, mas não posso homologar depois do dia 30. Então, temos de fazer neste semestre ainda”, afirmou a secretária da Educação, Hélvia Paranaguá.

A remuneração ofertada varia entre os valores de R$ 2.508,26 a R$ 5.016,53 iniciais, cuja carga horária é de 20 e 40 horas semanais, respectivamente. O salário é composto do vencimento básico e da gratificação GAPED. É válido ressaltar que o vencimento pode chegar a R$ 7.757,60 no final da carreira.

anuncio patrocinado
Anunciando...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui