Pedaço de metal que caiu no Paraná é lixo espacial e pode ser da SpaceX

Pesquisadores indicam que, provavelmente, a peça pertença a SpaceX. empresa do bilionário Elon Musk

 

 

Um pedaço de metal encontrado em uma propriedade no interior do Paraná literalmente “caiu do céu”. Segundo relatório da Agência Espacial Brasileira (AEB), o objeto é lixo espacial. A autarquia, ligada ao  Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, não confirmou a quem pertence o objeto.

A peça foi encontrada por um morador da cidade de São Mateus do Sul no dia 16 de maio. De acordo com o Rede Brasileira de Monitoramento de Meteoros (Bramon), o pedaço de metal pertence foguete Falcon 9 da SpaceX, que voltou a Terra no dia 8 de maio.

Segundo a Bramon, o local onde o objeto foi encontrado fica praticamente abaixo da trajetória do foguete. Além disso, a peça tem semelhanças com partes do foguete Falcon 9.

O foguete foi lançado em 19 de dezembro do ano passado da Base da Força Espacial dos Estados Unidos, na Flórida, levando à órbita o Satélite Geoestacionário Turksat 5B. Ele retornou no dia 8 de maio.

O mesmo foguete foi responsável por colocar em órbita dois satélites de sensoriamento remoto radar (SRR) projetados pela Força Aérea Brasileira (FAB) em 25 de maio. O lançamento ocorreu do Centro Espacial Kennedy, na Flórida. Os equipamentos, batizados de Carcará I e Carcará II, fazem parte do Projeto Lessonia 1, da FAB.

Lixo espacial é um objeto fabricado na Terra e levado ao espaço. Em alguns casos, esses objetos podem cair de volta no nosso planeta.  Segundo estimativas da Nasa, existem mais de 100 milhões de objetos que viajando ao redor do planeta.

A SpaceX ainda não confirmou se o objeto pertence a ela e se a empresa tem a intenção de buscá-lo. O bilionário Elon Musk, dono da empresa, esteve no Brasil no último dia 20 para falar sobre investimentos na Amazônia com o presidente Jair Bolsonaro (PL).

anuncio patrocinado
Anunciando...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui