Iecine abre inscrições para a Oficina Repertório de Documentários

Atividade gratuita e online acontece de 18 a 29 de julho via Zoom

A Secretaria da Cultura (Sedac), por meio do Instituto Estadual de Cinema (Iecine) abre inscrições para a oficina Repertório de Documentários, do projeto de capacitação profissional Revelando o Rio Grande.

Os encontros ocorrerão virtualmente pela plataforma Zoom, de 18 a 29 de julho, das 14h às 17h, de segunda a sexta-feira.

A atividade será ministrada pelo mestre em Cinema Documental, Rafael Valles. Interessados podem se matricular gratuitamente no link bit.ly/OAa2

O curso será pautado pela apresentação e análise dos gêneros que constituem o Cinema Documentário, ao tratar da sua diversidade de estilos e abordagens, que serão responsáveis por se aproximar de uma definição sobre a especificidade da prática documental frente às demais produções audiovisuais.

“A visão estética de um documentarista nasce da apreciação de obras de outros artistas, de diferentes escolas, diferentes tempos e movimentos artísticos que constituem este repertório. Buscamos com esta oficina democratizar a linguagem documental e ampliar a bagagem cultural de nossos alunos”, destaca Zeca Brito, diretor do Iecine.

Programa

01 – A ética

O primeiro encontro pretende delimitar conceitualmente o termo documentário, analisando as suas características e problemáticas. Serão apresentados fragmentos de filmes que evidenciam as particularidades do documentário, através de distintos modos e contextos que apontam para uma reflexão sobre a ética na prática documental.

02 – A palavra

O segundo encontro procura analisar as diferentes formas relacionadas ao uso da palavra no documentário, tanto através de uma perspectiva retórica como poética. Serão analisados fragmentos de filmes que pensam a relação do documentarista com o outro, seja através de entrevistas, de conflitos e negociações gerados entre ambos, assim como no uso reflexivo e argumentativo da voice over.

3 – A performance

O terceiro encontro pretende analisar a questão da performance no documentário, através das suas variadas vertentes. Serão analisados fragmentos de filmes que entendem tanto o sentido performático dos personagens, como também procuram problematizar a relação entre o real e a ficção, a partir de dispositivos narrativos que ampliam a ideia de criação e representação.

04 – O método

O quarto encontro pretende fazer uma análise mais minuciosa sobre a questão dos métodos construídos pelos documentaristas, para realizarem os seus filmes. Serão analisados fragmentos de filmes que evidenciam a construção de dispositivos narrativos e técnicos que delimitam a abordagem do realizador sobre o que ele pretende mostrar no seu documentário.

05 – O pensamento

O quinto encontro procura abordar a questão do pensamento no documentário, a partir de obras e conceitos relacionados ao ensaio e filme ensaio. Serão analisados fragmentos de filmes que concebem o documentário como experimentação formal, seja a partir do uso da metalinguagem, das elaborações intertextuais, da criação de conceitos que correspondam ao ponto de vista buscado pelo documentarista.

06 – O arquivo

O sexto encontro pretende abordar a questão dos arquivos fotográficos e audiovisuais no documentário, com destaque para as diferenças entre filme de compilação e found footage. Serão analisados fragmentos de filmes que problematizam a ressignificação das imagens de arquivo, seja através da sua própria materialidade ou a partir das construções narrativas no uso de imagens caseiras e imagens operativas.

07 – O autorretrato

O sétimo encontro pretende analisar questões relacionadas ao autorretrato no documentário, através de práticas como filmes diários, vídeo cartas e documentários de busca. Serão apresentados fragmentos de filmes que trabalham temas como o testemunho, o exílio, o silêncio, a pós-memória, em obras que vão desde o cinema de vanguarda até o documentário contemporâneo.

08 – O social

O oitavo encontro pretende abordar as relações entre cinema e política, através de obras que procurem mostrar tanto um engajamento sobre alguma questão social, como a intenção em realizar um cinema militante. Serão apresentados fragmentos de filmes que pertencem a diferentes contextos, que refletem um entendimento sobre o uso do documentário como meio para conscientização e/ou mobilização social.

09 – O espaço

O nono encontro pretende analisar como o documentário trabalha a questão da demarcação do espaço físico no qual o registro se insere e como isto assume protagonismo nas escolhas narrativas e estéticas. Serão analisados fragmentos de filmes que abordam desde a questão do confinamento num espaço restrito, passando por temas como o uso do espaço cotidiano, lugares abandonados e as relações que estabelecem com o tempo.

10 – As tecnologias

O décimo encontro procura analisar de que forma as inovações tecnológicas contribuem para uma ampliação sobre o entendimento do documentário, como é o caso de webdocumentários, projetos concebidos em cd-rom, filmes feitos em celular. Serão apresentados trabalhos que problematizam a ideia do documentário como filme, para expandir a sua atuação nos campos de concepção, registro e exibição.

Ministrante

Rafael Valles é doutor em Comunicação Social (pela Pontifícia Universidade Católica do RS), mestre em Cine Documental (pela Fundación Universidad del Cine (FUC, Argentina), constam também no seu currículo dezenas de cursos ligados ao audiovisual. Profissionalmente, Rafael também atuou como professor universitário de cursos como O Que é Documentário, Laboratório de Produção – Documentário de Criação e Cinema e Audiovisual, entre outros. Em 2002 ganhou o prêmio Montagem Cênica Palco Habitasul.  Em 2010, Rafael foi premiado como Melhor Documentário de Média Metragem, no Segundo Certamen Internacional de Cortometrajes Roberto Di Chiara Florencio Varela 2010, Argentina (por Memorias de un Sombrero), Segundo Certamen Internacional de  Cortometrajes Roberto Di Chiara..

anuncio patrocinado
Anunciando...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui