FGTS: maior parte quer usar saldo para a compra da casa própria

Pesquisa aponta que 45% dos trabalhadores querem usar o saldo do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) para comprar a casa própria, enquanto outros 33% prefeririam utilizar o dinheiro para abrir um negócio e 17% fariam uma viagem internacional

 

Pelo menos 45% dos trabalhadores querem usar o saldo do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) para comprar a casa própria, enquanto outros 33% prefeririam utilizar o dinheiro para abrir um negócio e 17% fariam uma viagem internacional. Os dados são da pesquisa do Instituto Opinion Box, encomendada por Serasa e Banco Pan, divulgada nesta terça-feira (7/6).

Realizada para identificar o que os trabalhadores sabem sobre o FGTS e como pensam em utilizá-lo, a pesquisa também mostra que apenas 17% defendem utilizar o recurso do FGTS para pagar dívidas. Para isso, foram entrevistadas 2.132 pessoas entre 12 e 22 de abril, de forma remota.

Do total, pelo menos 20% cuidariam da saúde e 17% pegariam o dinheiro para fazer uma viagem internacional.

Informação

Os dados mostram que 92% das pessoas ouvidas não sabem o que é o FGTS, que 80% não sabem que é possível consultar o saldo e que 38% não sabem o valor que consta em conta. Destes últimos, 16% não sabem fazer a consulta e 22% não sabem o valor acumulado.

Dinheiro

Os recursos do FGTS podem ser utilizados para fins específicos, como a compra da casa própria, por exemplo, ou por meio de liberações autorizadas pelo governo federal. Em 2022, além do saque do fundo ter sido liberado para atingidos por calamidades, a Caixa liberou o saque extraordinário de até R$ 1 mil do FGTS.

O FGTS é um fundo compulsório dos trabalhadores que têm emprego com carteira assinada, atualmente, com 70 milhões de contas ativas. Por mês, o empregador deposita 8% do valor do salário em uma conta em nome do profissional.

anuncio patrocinado
Anunciando...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui