Bar Brasília: Bar icônico reabre as portas no Aeroporto Internacional

 

 

Exclusividade da capital federal, o Bar Brasília retoma as atividades em 6 de agosto em casa nova, trazendo música ao vivo, clássicos gastronômicos e releituras inovadoras.

O Bar Brasília, um clássico boêmio, está de volta com suas histórias, delícias gastronômicas, drinks caprichados e o bom e tradicional Chopp Brahma. Com inauguração prevista para 6 de agosto, a atração, que prima pela tradição, sai da Asa Sul e aterrissa na Praça Pick Up – uma iniciativa da Inframerica de criar um ponto de encontro histórico-cultural, democrático e acessível, localizado no Aeroporto de Brasília.

Com excelência e hospitalidade, a casa está pronta para receber, acolher e servir até 200 convidados brasilienses, como também os que chegam à cidade, apresentando um pedacinho da sua essência e se despedindo dos que partem, com a saideira.

Outro destaque é o ambiente de estilo modernista, mobília “sessentista”, painéis de cobogó e azulejos característicos da capital desenvolvidos pelos artistas Felipe Cavalcante e Nahira Salgado especialmente para o local. Enfim, o Bar incorpora a cidade em um projeto que remonta a tradição e a bossa brasiliense.

Entre as novidades, estão as apresentações musicais ao vivo, com muito samba, MPB, pop e jazz para animar os amigos. Também foi criado um espaço intimista na parte superior do bar para reuniões corporativas ou particulares, aniversários e demais eventos. Além disso, o estabelecimento conta com área pet friendly e todos os nossos clientes terão um preço muito especial de estacionamento.

Cardápio

Sucesso por vários anos, o chopp servido bem gelado está de volta como manda o figurino. A bebida, trabalhada como uma obra de arte a ser degustada, foi a mais premiada pela Revista Veja na capital.

Além do Chopp Brahma, a carta de drinks faz homenagem ao produto tipicamente brasileiro: a cachaça. A bebida com combinações diferenciadas e produtos sazonais proporciona experiências com caipirinhas, batidas e coquetéis. Também há uma vasta diversidade de rótulos de cachaça e whiskys para todos os paladares. Opções quentes e geladas, com e sem álcool, também fazem parte do cardápio com preços promocionais no happy hour.

O menu, assinado pelo premiado Chef Ville Della Penna, traz pratos clássicos, que fizeram sucesso por décadas no antigo point, e novidades para petiscar. “Reunimos o melhor da gastronomia com a pegada de bar”, avisa o Chef.

Alguns dos destaques no menu são os Arrozes (Arroz de Polvo e Arroz de Bacalhau – R$76 e R$78); Língua ao molho da casa (R$54); Moela ao molho Rôti (R$39) e Filet Oswaldo Aranha (R$59). Outra delícia que faz parte do cardápio é o saboroso bolinho de bacalhau, que é pentacampeão de prêmios nos Festivais Boteco Bohemia, Veja e Bar em Bar.

Aos sábados, a casa oferece a dupla nacional preferida: samba e feijoada. O Buffet especial acompanha arroz, couve, laranja, farofa, torresmo, banana, costelinha assada e batidinha de limão (R$69 por pessoa). Aos domingos, o destaque é o Cozido da Casa (Com arroz, caldo, pirão e legumes e custa R$56 por pessoa)

Para homenagear um dos principais comércios que já existiu na capital criado por Ferreira, o Mercado Municipal de Brasília, delícias serão expostas numa charmosa vitrine rústica, perfeitas para comer na hora ou levar para viagem. Os ingredientes, sempre rigorosamente selecionados, são feitos na casa ou adquiridos com produtores locais, o que reduz impacto ambiental dos alimentos e contribui para fomentar o pequeno produtor.

“Queremos enriquecer a experiência do cliente com a sensação de ser recebido pela cidade” – explica Ville.

Bar Brasília, o novo ponto de encontro da tradição com a boemia.

“- Garçom, um chope cremoso, por favor!”

História

Bar Brasília foi inaugurado em 2001 por Jorge Ferreira, celebrado agitador cultural e cidadão honorário da cidade, falecido em 2013. O empresário também ficou conhecido por fundar o icônico Feitiço Mineiro e pelo trabalho de revitalização de uma das avenidas comerciais mais tradicionais do Plano Piloto, a W3 Sul.

Um de seus clientes célebres era o cartunista Ziraldo, criador da logomarca do bar e autor da frase que resume sua história: “A melhor esquina de uma cidade sem esquinas”. Agora, essa famosa esquina cresceu. Sua nova casa é uma praça.

Quem leva para frente o legado é o grupo Fábrica de Bares, time especializado em gestão e operação de bares. “Como admiradores do que representa o Bar Brasília e da importância de Jorge Ferreira para a cidade, estamos trabalhando para trazer de volta essa história”, ressalta Mauro Calichman, uma das mentes por traz do empreendimento.

O bar, como tantos outros estabelecimentos, fechou em 2020 em função da crise provocada pela pandemia de Covid-19. Agora, reabre para receber diferentes gerações interessadas na cultura da capital, fundada a partir da mistura de muitos Brasis, e num bom serviço.

anuncio patrocinado
Anunciando...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui