Denise Mattos lança o clipe ” Guerra”

Me dá uma trégua e vamos voltar a viver”. Essa frase é da música Guerra, lançamento da cantora carioca Denise Mattos, que nos faz lembrar das recentes privações que passamos, das desavenças dentro dos lares e de um cenário real de guerra que o mundo assiste nos dias atuais. Ela canta essa palavra de ordem com muita autoridade e amor. E toca fundo. A cantora lançou o clipe no último domingo no seu  canal oficial  no Youtube. Clique abaixo para assistir!

https://www.youtube.com/watch?v=LZqeteW7g_s

Como aconteceu com muitos artistas Denise Mattos estava com tudo pronto para lançar seu novo DVD, antes da Pandemia, quando tudo parou. Desistir ou continuar? Denise não só continuou como lançará durante o ano a riqueza dessa produção musical, que conta com repertório inédito e com, praticamente, uma mini orquestra de samba a acompanhando.

O DVD foi gravado ao vivo com 14 canções, entre elas, ele é composto por inéditas, regravações e faixas bônus (homenageando os grandes sambistas, com sucessos nas Rodas de Samba).  Cada uma terá um caminho próprio para chegar até o público. Esse ano a GUERRA está entre as músicas de trabalho que já está em todas as plataformas digitais, e será lançada em junho o clipe oficial.  Com essa estratégia seus fãs vão conhecendo o repertório para que, assim, quando os shows voltarem todos estarão familiarizados com as novas músicas. “Sou muito exigente. Não gosto de nada mais ou menos. Tenho muito zelo por cada detalhe. E está valendo a pena, tenho certeza que as pessoas vão curtir cada canção, trabalhei muito nesse período e alcancei, praticamente à força, minha maturidade pessoal e profissional”.

Mulher, negra, cantora e compositora Denise Mattos confessa que teve que enfrentar muitos desafios para alcançar o respeito no mundo artístico, mesmo vindo de uma família de músicos importantes, entre eles, Pereira Mattos que tem parceria com Zé Ketti na clássica marchinha de carnaval “Máscara Negra”. Nascida no Rio de Janeiro, no bairro da Penha Circular, a cantora sempre foi apaixonada pela cultura nacional, em especial a música popular brasileira.

                              A Bailarina que soube que cantava, no susto

Quando relembra a primeira vez que pisou num palco e soube que queria seguir a carreira artística foi para se apresentar como Bailarina, em Valença. Só que nesse dia também havia uma banda que se apresentaria. Enquanto esperavam para chegar a hora da apresentação, Denise, a bailarina, começou a cantar músicas da Alcione. O pessoal da banda foi chegando mais perto, pediu para cantar outra e mais outra e perguntaram: você não quer subir para cantar com a gente, pois o crooner não vem?  Ela disse que não iria, claro. Mas eles insistiram tanto que ela foi. A plateia veio abaixo quando Denise cantou um dos Sambas da União da Ilha; “Vem amor, vem à janela ver o sol nascer. Na sutileza do amanhecer, um lindo dia se anuncia”. Ela tinha menos de 16 anos. Descobriu ali, no susto, que sabia cantar.

Ela resolveu então, assumir também esse seu lado artístico. A vida foi trazendo oportunidades, mas também alguns obstáculos que a impediram de se dedicar integralmente à carreira de artista. Um deles foi ter se casado e engravidado aos 18 anos. O tempo foi passando e veio mais uma menina.  Enquanto durante o dia trabalhava vendendo planos de saúde, a noite cantava para juntar mais uma graninha. Mas lembra com tristeza que muitas vezes, já arrumada e maquiada, para sair, com um lindo vestido de palco o, então marido por ciúmes excessivos, sempre a impedia , e assim  tudo se tornava muito difícil.

Mesmo com todas as responsabilidades de uma mãe sem a presença do pai, ela foi recebendo incentivos que lhe deram força para não desistir. Um deles ocorreu quando participou de um concurso da UERJ. Ao ganhar em primeiro lugar, recebeu o prêmio das mãos do saudoso João Nogueira, que se tornou um de seus grandes incentivadores. Também participou com destaque de vários programas de televisão, gravou 2 trabalhos fonográficos, e até que, no final de 2019, gravou seu primeiro DVD, “Porta Pra Felicidade” onde contou com as participações de:  Renato da Rocinha, Marquinhos Sensação, Dayse do Banjo, Branco e Marquinhos PQD.

Os seus shows são cheios de energia e vibração. Seu canto é orgânico.  Sua presença carismática no palco comprova ao que ela veio: cantar, transcender e, finalmente, mergulhar integralmente em seu talento natural que a faz ser uma intérprete singular.

anuncio patrocinado
Anunciando...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui