Homem que matou parceiro por ciúmes é condenado a 14 anos de prisão

0

O crime aconteceu em 2017, pois o acusado não aceitava o fim do relacionamento com seu parceiro

 

A promotoria de Justiça do Tribunal de Júri de Brasília condenou a 14 anos de prisão, em regime fechado, Frederico Bruno Floriano por matar seu parceiro Ricardo Pio Rodrigues. O julgamento aconteceu na última quinta-feira (27/5).

O Conselho de Sentença acolheu as duas qualificadoras propostas pelo Ministério Público de motivo torpe, caracterizado pelo ciúme e pelo sentimento de posse que o acusado tinha contra a vítima.

A Promotoria, contudo, disse que vai recorrer da sentença para que haja aumento da pena. Frederico foi condenado por homicídio duplamente qualificado e está preso desde janeiro de 2018.

Relembre o caso

O crime aconteceu em 22 de dezembro de 2017, por volta das 2h da manhã, no Parque da Cidade. Frederico surpreendeu Ricardo, no estacionamento nº10, e atirou contra ele. De acordo com as investigações, o agressor não aceitava o término do relacionamento.

O Ministério Público do DF considerou que o crime foi cometido com recurso que dificultou a defesa da vítima, já que Ricardo estava desprotegido e sem condições de prever o ataque.

Ricardo era despachante operacional técnico da Latam, lotado no Aeroporto JK. O corpo dele só foi encontrado às 7h, próximo ao Pavilhão de Exposição, baleado no peito.

anuncio patrocinado