Poderosos aliados: alimentos que fortalecem o sistema imunológico

sistema imunológico
Ketogenic low carbs diet - food selection on white wooden background. Balanced healthy organic ingredients of high content of fats. Nutrition for the heart and blood vessels. Meat, fish and vegetables.

O sistema imunológico é o responsável por fortalecer o corpo diante de ataques de vírus, bactérias e micróbios. Trata-se de uma barreira muito complexa, composta por milhões de células que possuem diferentes funções.

Seu papel é garantir a defesa do organismo e manter o corpo humano livre de doenças. Mas, o sistema imunológico precisa da nossa ajuda para se fortalecer e cumprir suas funções.

Fortalecer o depende de uma série de ações realizadas no dia a dia, como praticar atividade física, evitar o estresse, abandonar maus hábitos e se alimentar bem.

Embora a qualidade da alimentação seja muito importante, para muitas pessoas é difícil escolher bem o que comer, principalmente, com a rotina cada vez mais corrida, que impede muitos indivíduos de se alimentar corretamente.

Frutas, verduras, legumes, proteínas e grãos são componentes essenciais para um corpo saudável e forte, capaz de reagir bem a infecções e outras doenças. É papel de cada um cuidar da dieta para estar sempre saudável e protegido.

Para falar um pouco mais sobre esse assunto, neste artigo, vamos mostrar alguns alimentos que fortalecem o sistema imunológico, por que devemos consumir certos tipos de alimentos e algumas vitaminas que eles trazem. 

Alimentos que fortalecem o sistema imunológico

Os alimentos que mais fortalecem o sistema imunológico são as frutas e vegetais, como no caso do brócolis, morango e laranja. Algumas sementes também têm essa capacidade, assim como o peixe e frutos secos.

Todos eles protegem as células do organismo contra alterações que possam desencadear problemas de saúde como câncer, além de fortalecerem o sistema imunológico. Dentre as melhores opções estão:

Batata doce

A batata doce é rica em vitamina A, C e outros antioxidantes que fortalecem o sistema imunológico. Vários estudos apontam que a vitamina A ajuda a tratar várias doenças infecções, por isso, deve fazer parte da alimentação.

Semente de girassol

Quando se fala nesse tipo de alimento, logo nos lembramos das sementes de capim zuri, mas a semente de girassol é rica em vitamina E, responsável por proteger as células do organismo contra radiações, substâncias tóxicas e radicais livres.

Elas também são ricas em zinco, um mineral fundamental para o fortalecimento e o correto funcionamento do sistema imunológico.

Frutos secos

Frutos secos são ricos em zinco e ajudam a reparar os tecidos e a cicatrizar feridas mais rapidamente, e dentre os principais estão:

  • Amêndoas;
  • Amendoim;
  • Noz;
  • Castanha de caju.

Esses alimentos ajudam a desenvolver e a ativar os linfócitos T, células muito importantes para fortalecer a defesa do sistema imune.

Linhaça

Quem quer emagrecer e utiliza uma esteira ergométrica com inclinação automática também deve consumir a linhaça, tanto como semente ou o seu óleo, pois ela aumenta as defesas do organismo, por ser rica em ômega 3 e fibras.

Esses elementos ativam e estimulam as células do sistema imunológico e exercem função anti-inflamatória.

Como dica para usar esse alimento, é possível incluir na preparação de vitaminas, pães, bolos, sucos e acrescentado em iogurtes e saladas.

Alho

Há muito tempo o alho é utilizado para aumentar as defesas do organismo, pois possui em sua composição um sulfurado conhecido como alicina.

Ela exerce atividade antimicrobiana, que inibiu crescimento e proliferação de fungos, vírus e bactérias. Também ajuda a eliminar bactérias patogênicas e toxinas que possam prejudicar a microbiota do intestino.

Com isso, reduz a resposta inflamatória no organismo e ajuda a ativar as funções do sistema imunológico.

Salmão

Esse peixe é rico em ômega 3, favorece a regulação das células de defesa e ainda possui propriedades anti-inflamatórias.

Seu consumo frequente ajuda a melhorar a saúde em geral, e é indicado, principalmente, para pessoas que possuem alguma doença cardiovascular.

Por que consumir certos tipos de alimentos?

Você já sabe que alguns alimentos são fundamentais para fortalecer o sistema imunológico, e existem várias razões para consumi-los.

Pessoas que fazem glaucoma tratamento, indivíduos saudáveis ou que apresentam qualquer outro tipo de condição, precisam reforçar a capacidade imune do corpo.

Consumir alho, por exemplo, é ter acesso a uma boa quantidade de selênio e zinco, que ajudam a evitar gripe, resfriados e outras doenças provocadas por vírus. O alho é um alimento fácil de inserir na alimentação e pode ser usado como tempero.

Também não faltam razões para consumir cebola, pois a quercetina presente nesse alimento potencializa o sistema imunológico e ajuda a prevenir doenças alérgicas e virais, além de ser muito fácil de usar, de preferência como tempero ou na salada.

A Lichia é rica em vitamina C e possui propriedades anti-inflamatórias. Essa fruta é tão poderosa que recomenda-se uma porção de 100 g por dia.

Gestantes que fazem pré natal Itaim Bibi precisam cuidar bem da resposta imune de seu organismo, e não poderíamos deixar de mencionar o gengibre como um auxiliar na defesa do corpo.

Ele possui ação bactericida e traz altas doses de vitamina C e B6. Você pode adicionar uma colher de sopa de gengibre ralado no suco, 2 vezes por dia ou fazer um chá.

O cogumelo shiitake é rico em lentinana, um nutriente que estimula a produção de células de defesa, e consequentemente aumenta a imunidade.

Está muito presente na culinária japonesa e é cada vez mais prescrito por conta de aminoácidos e de sua função imune protetora.

A castanha-do-Pará é antioxidante e rica em selênio, por isso, combate os radicais livres e fortalece o sistema imunológico.

Também existem razões de sobra para consumir a batata doce, porque ela possui vitamina A e é capaz de melhorar o funcionamento do intestino, uma vez que é fonte de fibras.

Gestantes que estão fazendo exame ultrassom, adultos, crianças, idosos e adolescentes devem consumir vegetais verde-escuros, como brócolis, rúcula e couve-de-bruxelas porque eles são ricos em Vitamina A, B6 e B12.

Essas vitaminas ajudam a maturar as células imunes, fortalecendo a resistência delas contra as infecções. São vegetais ricos também em ácido fólico, um nutriente que ajuda a formar glóbulos brancos que fortalecem a defesa do organismo.

É necessário incluir no cardápio do dia a dia, as frutas cítricas, como laranja, morango, acerola, kiwi, tomate e limão, pois são ricas em vitamina C, fibras, propriedades anti-inflamatórias, antioxidantes e flavonoides.

Essas frutas têm uma capacidade impressionante de prevenir diversos tipos de câncer e doenças cardiovasculares.

Tipos de vitaminas presentes nos alimentos

Comer é maravilhoso, principalmente quando o cardápio é rico e equilibrado, capaz de oferecer todas as vitaminas e nutrientes que o corpo precisa.

Ao fazer exame toxicológico demissional ou um check-up de rotina, percebemos o quanto comer bem faz toda a diferença para o corpo.

Os alimentos possuem dois tipos de vitaminas, sendo as lipossolúveis, como no caso da vitamina A, D, E, K, que costumam estar presentes em alimentos como óleo de peixe, leite, brócolis, verduras e sementes.

Mas, também existem as vitaminas hidrossolúveis, como no caso daquelas do complexo B e da vitamina C, que podem ser encontradas no fígado, frutas cítricas e levedo de cerveja.

A vitamina A está presente em ovos, leite, fígado e é ótima para a pele e a saúde dos olhos. A vitamina B1 está presente na carne de porco, aveia e castanha-do-Pará, sendo muito importante para melhorar a digestão, além de ser um repelente natural.

A vitamina B2 está presente no fígado, farelo de aveia e levedo de cerveja, sendo fundamental para a saúde das unhas, pele e cabelo.

Mini salgados para revenda também podem possuir suas vitaminas, como no caso da vitamina B5, presente em massa fresca, sementes de girassol e fígado.

A vitamina B3 está presente no levedo de cerveja, amendoim e fígado e é essencial para cuidar da saúde do sistema nervoso.

Por sua vez, a Vitamina B6 está na banana, salmão e fígado e ajuda a prevenir a arteriosclerose. Também existe a biotina, comum no amendoim, farelo de trigo e avelã, que ajuda no metabolismo dos carboidratos e proteínas.

O ácido fólico pode ser encontrado no levedo de cerveja, lentilha e fígado e ajuda a formar as células do sangue para prevenir a anemia e fortalecer o sistema imunológico.

Depois de analisar os resultados de um exame ocupacional periódico, o médico pode sugerir o aumento do consumo de vitamina B12, presente no fígado, marisco e ostras.

A vitamina C está presente nas frutas cítricas e fortalece os vasos sanguíneos, ao passo que a vitamina D está presente no bacalhau e fortalece os ossos e a vitamina E pode ser encontrada na semente de girassol e colabora com a integridade da pele.

Por fim, a vitamina K, presente no brócolis ajuda na coagulação do sangue e diminui o tempo de sangramento das feridas.

Considerações finais

Sendo assim, existem alguns alimentos mais adequados para quem quer fortalecer o sistema imunológico, mas de forma geral, qualquer alimento saudável e rico em nutrientes ajuda a melhorar a saúde do corpo e da mente.

Com as dicas que demos aqui, sua alimentação vai fortalecer o sistema imune e ajudar o seu corpo a combater diferentes tipos de doenças.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

anuncio patrocinado
Anunciando...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui