Você sabe para que serve a apólice de seguro?

Image of business objects with businessman hand signing contract near by

A falta de segurança na maioria das cidades levou muitos motoristas a assinarem contratos com seguradoras para proteger seus bens físicos de furtos e roubos. Nesse caso, é importante que você entenda o que é uma apólice de seguro.

Este contrato envolve riscos e garantias. Caracterizado por seu conteúdo complexo e linguagem formal, tornou-se imprescindível para quem deseja proteger seu patrimônio automotivo e não sofrer perdas significativas por acidentes ou atos dolosos de terceiros.

Nesse sentido, para quem tem veículo, as despesas não são somente de IPVA, avaliação e manutenção mecânica, por exemplo. É preciso considerar também um bom seguro de carro para evitar perdas drásticas, não somente de roubos e furtos, mas também de acidentes e colisões.

Pensando nisso, neste artigo explicaremos o que é uma apólice de seguro e a importância deste documento na formalização do protocolo. Continue lendo!

O que é uma apólice de seguro?

Uma apólice de seguro é um contrato entre o cliente (o segurado) e a empresa (a seguradora).

Por meio desse documento o cliente transfere a responsabilidade para a seguradora por todos os riscos envolvidos com o automóvel, que pode envolver roubos, furtos, acidentes e sinistros em geral.

De um modo geral, trata-se de um documento muito extenso, com muitas páginas que listam todos os termos inerentes ao contrato. Portanto a seguradora recomenda que os segurados leiam sempre com cautela este contrato.

ste documento estabelece todos os termos gerais e específicos relativos à cobertura do seguro.

E pode ser constatado tanto por pessoas físicas, a fim de proteção de seus carros particulares, como por empresas fabricante de estação de tratamento de efluentes, que querem proteger os carros da organização.

Os pontos que devem ser incluídos na política são:

  • Os dados de commodities que serão objeto do contrato;
  • Dados do segurado e da seguradora;
  • Situações de sinistro cobertas pela seguradora (incêndio, inundação, furto, etc);
  • Seguro adicional;
  • Valor de cada cobertura;
  • Direitos e obrigações que as partes contratantes devem respeitar;
  • Forma de pagamento.

Por outro lado, existem vários casos que não são cobertos ou excluídos da cobertura, então antes de firmar um contrato, é uma boa ideia verificar o que a apólice de seguro e seus termos contêm – e se eles atendem às suas prováveis ​​necessidades.

Dessa forma você não ficará surpreso e não terá surpresas inesperadas em um momento que achou que poderia contar com a seguradora.

Para que serve uma apólice de seguro?

Uma apólice é um documento formal escrito que garante a ambas as partes (companhia de seguros e segurado) que um contrato deve ser cumprido nas situações pré-definidas.

Portanto, em caso de sinistro – ou seja, uma circunstância complicada contra o veículo que não seja a normal – o cliente terá direito ao valor declarado na apólice.

Como este documento contém condições gerais e especiais, a seguradora saberá o que deve pagar e o que não deve pagar.

Por exemplo, um fabricante de autotransformadores que teve seu carro de grande porte roubado receberá a cobertura total ou parcial dependendo do tipo de seguro contratado.

Sempre que for fazer esse negócio com uma seguradora, tome cuidado e peça ao seu profissional que faça uma cópia de sua apólice e leve este documento com você.

Esse cuidado é para garantir que o contrato seja genuíno e que os bens abrangidos pelo contrato estejam verdadeiramente protegidos em caso de acidente, seja de colisão ou algum outro problema.

Além disso, você deve verificar todos os termos e dados contidos na apólice para garantir que tudo condiz com a realidade. Dessa forma, você não vai se machucar e ficará em paz.

Afinal, por que ter um seguro?

Um acidente de carro pode custar muito nas finanças, além de todo o estresse que pode gerar nos envolvidos. E além disso, embora se tenha alarmes instalados ou instalação de película antivandalismo, não é possível prevenir totalmente de furtos e roubos.

É claro que não se deve comprar um carro pensando que vai bater, ou que será roubado ou furtado, entretanto a possibilidade fica latente a partir do momento em que você começa a dirigir, portanto é imprescindível estar preparado para não receber um golpe na sua carteira. 

Veja agora os benefícios de contratar uma apólice de seguro.

Proteção para seu veículo

Ao se proteger com o seguro de automóvel, você terá o apoio de uma seguradora que se encarregará de encaminhar o veículo às melhores oficinas para repará-lo em caso de acidentes, inclusive para concessionárias da mesma marca.

Logo, essa proteção é muito importante, seja o carro de uma empresa de energia solar fotovoltaica para industria, que geralmente são carros de maior porte, ou para os carros privados para garantir a proteção do veículo.

Garantia financeira

O seguro auto constitui uma garantia financeira para o próprio segurado, não comprometendo as finanças pessoais, e sem perder a oportunidade de reparar os danos do seu veículo, pois a seguradora arcará com os custos.

Por exemplo, não terá que arcar com os custos caros de reparos do automóvel, mesmo que seja simplesmente o uso de equipamento de despoeiramento, portanto sempre que pensar em não ter um seguro, pense nos benefícios financeiros a longo prazo que estará perdendo.

Assistência em todos os momentos

Se você estiver segurado, você tem benefícios como assistência 24 horas, troca de pneus, abastecimento de combustível, guincho em caso de sinistro, reparo mecânico, entre outros.

Afinal, quando um acidente acontece, por exemplo, não é somente de atestado de saúde ocupacional retorno ao trabalho que será necessário, mas também toda essa assistência com o automóvel e os bens financeiros.

Viu como é vantajoso ter um seguro de carro? Agora você pode mudar a pergunta para: Por que não ter um seguro de carro?

O que deve ser incluído na política de um seguro?

A regulação do contrato dependerá da seguradora, pois cada empresa pode definir suas próprias condições contratuais específicas, portanto é fundamental que você leia cada cláusula com atenção para ter certeza de que entendeu tudo antes de assinar qualquer tipo de contrato.

Caso tenha alguma dúvida ou encontre obscuridade no contrato, consulte um profissional, mas isso vale para qualquer contrato, até mesmo o de manutenção de acoplamento elástico tipo pneu para a sua empresa.

Normalmente uma apólice de seguro deve conter os seguintes pontos.

Situação geral

Como o nome sugere, referem-se às regras gerais que regem a relação entre a seguradora e o segurado. Estas condições incluem os direitos e obrigações de cada parte, o que é e o que não é coberto pelo seguro, como podemos ver na lista acima.

Caso especial

Essas condições envolvem coberturas adicionais que podem estar associadas à própria apólice de seguro. Muitas vezes o valor desses serviços “extras” está atrelado ao valor final, mas costuma ser bem menor do que quando negociado individualmente.

 

Por exemplo, no seguro de vida, essas condições podem incluir morte ou morte por invalidez.

Condições particulares

Certas condições estão relacionadas à cobertura e seus benefícios. Neste item, o valor que cada segurado deve pagar, os percentuais envolvidos em cada seguro e outros elementos envolvidos na cobertura do seguro, como benefícios, datas de início e término do contrato.

 

É importante ressaltar que, independentemente do seguro escolhido, seja um seguro de carro, um seguro de vida ou seguro saúde, é essencial e imprescindível ler todas as cláusulas do contrato antes de assinar.

Qual a duração da apólice de seguro?

Normalmente a cobertura da apólice começa 24 horas após o início do contrato. Da mesma forma, sua rescisão ocorre 24 horas após a data de término deste contrato.

Além disso, em geral são assinados por um período de 12 meses. No final deste período, a assinatura pode ser renovada se ambas as partes estiverem interessadas.

Caso você tenha contratado um seguro para a sua casa, que englobe seguro contra incêndios (que pode acontecer caso não hava manutenção em disjuntores ou na parte elétrica em geral), é bom rever o contrato pelo menos uma vez por ano.

É possível adquirir várias apólices?

O segurado pode ter mais de uma apólice, no entanto essa atitude deve ser comunicada à seguradora com antecedência. Normalmente a apólice contém uma cláusula que se refere à assinatura do seguro ao mesmo tempo.

Nesse sentido, quem deseja obter mais de uma apólice de seguro, ou seja, já estando com um seguro vigente, deverá comunicar essa intenção à seguradora a fim de registros por escrito, e dentro das diretrizes de perda de direitos e multa pela rescisão do contrato.

Além disso, vale ressaltar que, caso o segurado pretenda fazer alguma alteração na apólice de seguro atual, é necessário recorrer ao chamado endosso.

O seguro deve ser mantido dentro das condições contratuais e para garantir que a indenização não seja negada por dados desatualizados, ou seja, qualquer nova informação sobre o segurado ou seu veículo deve passar pelo procedimento.

Endosso significa a transferência de propriedade para outra pessoa. No entanto, dentro dos processos de apólices de seguros de carro, isso pode ser entendido como o ato de acrescentar informações ao contrato.

Em suma, o endosso deve ser recorrido nas seguintes situações:

  • Quando o segurado muda de endereço/residência;
  • Quando o nome do proprietário é alterado;
  • Ao adquirir um seguro adicional.

Portanto é preciso verificar com a sua seguradora como é feito o processo de adquirir uma nova apólice de seguro ou alterar a existente caso seja necessário.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

anuncio patrocinado
Anunciando...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.