Uma Garota de programa é presa em MT suspeita de matar cliente que exigiu ‘exclusividade’

Uma garota de programa de 44 anos foi presa suspeita de matar um homem, de 43 anos, porque ele teria exigido uma relação de ‘exclusividade’

 

Na última segunda-feira, 30, uma garota de programa de 44 anos foi presa suspeita de matar um homem, de 43 anos, em Tabaporã, a 643 km de Cuiabá, porque ele teria exigido uma relação de ‘exclusividade’.

A polícia foi acionada por moradores da região que encontraram um corpo em uma estrada, sentido ao Rio Batelão. O homem tinha marcas de sangue na cabeça. Além disso, foi encontrada uma moto próxima ao corpo.

De acordo com a Polícia Civil, durante a investigação para descobrir o que tinha ocorrido, os policiais descobriram que uma mulher foi vista com a vítima horas do crime.

Levada à delegacia, a suspeita negou que estivesse com o homem. Depois, mudou o depoimento e disse que havia se encontrado com ele, mas negou o crime.

Com as informações coletadas, os policiais chegaram a outra suspeita, a garota de programa. Ela também foi levada à delegacia e negou que tivesse cometido o assassinato, mas os policiais encontraram uma arma com ela.

Após ser questionada novamente pelos investigadores, ela confessou o crime sendo autuada por homicídio.

anuncio patrocinado
Anunciando...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui