Procurado pela Interpol pula de prédio com a filha de 6 anos em SP

0

Os dois morreram na hora na queda do 17º andar de hotel. Em carta, ele afirma que não deixaria criança ficar na miséria

 

Um pai pulou do 17° andar com filha de 6 anos no colo, no centro de São Paulo, no início da manhã deste sábado (5). O homem era procurado pela Interpol (Organização Internacional de Polícia Criminal) e deixou uma carta. O crime ocorreu no Hotel San Raphael, no Largo do Arouche, por volta das 5h10. Ambos morreram no local.

Segundo informações preliminares da Polícia Militar, a família era da Espanha. Na carta, escrita em espanhol, o pai pediu desculpas pelo feito, inclusive ao hotel onde estavam hospedados desde o dia 31 de maio. Afirmou que ele e a filha foram muito felizes nos últimos dias.

O homem também relatou que morava ilegalmente no Brasil e se mantinha vendendo churrasquinhos. Ele cobrou uma oportunidade de emprego que lhe foi oferecida, mas não cumpriram.

O pai afirmou que não daria uma vida miserável à filha, nem moraria na rua com ela. Ele também disse que aceitou vir da Espanha para o Brasil por terem lhe prometido trabalho e documentos limpos.

A polícia ainda não encontrou os documentos das vítimas e acredita que eles possam estar no cofre do quarto do hotel. No cômodo, não há sinais de violência.

Até o momento, não há também informações sobre a mãe da criança.

O caso deve ser apresentado no 2° Distrito Policial, no Bom Retiro.

anuncio patrocinado
Anunciando...