Polícia prende suspeito de extorquir adolescentes para conseguir dinheiro e sexo

0

Investigadores descobriram que o suspeito atuava por meio de perfis falsos de aplicativos de redes sociais

 

 

De acordo com a Polícia Civil, um homem, de 36 anos, foi preso suspeito de praticar crimes de extorsão, estupro, falsa identidade e difamação. As vítimas eram crianças e adolescentes. Na casa do acusado as autoridades encontraram uma pistola Taurus, além de munições.

Os investigadores descobriram que o suspeito atuava por meio de perfis falsos de aplicativos de redes sociais. Inicialmente, ele hackeava as redes sociais de alguns homens, a fim de ter acesso ao perfil das adolescentes. Após iniciar um diálogo com as vítima, ele pedia fotos íntimas. Quando elas enviavam, ele passava a fazer ameaças em troca de dinheiro ou sexo. As vítimas residem nas cidades de Campo do Brito-SE, Macambira-SE e São Domingos-SE.

Uma das vítimas, de 16 anos, relatou que foi forçada a realizar atos sexuais com o suspeito 10 vezes. O homem também chegou a ligar na casa de uma das adolescentes. Quando os pais da vítima atenderam o telefone, ele disse que a jovem era uma prostituta.

Outras vítimas contaram que pagaram quantias entre R$ 600 e R$ 1 mil, divididos em parcelas, para que o homem não compartilhasse o material.

O homem foi preso na sexta-feira (31), no município de Campo do Brito. De acordo com a Polícia Civil, a pena do acusado pode chegar a 30 anos de reclusão. Na casa dele foram apreendidos um carregador de pistola, 13 munições calibre 22, um canivete, um celular; uma pistola Taurus, três munições calibre 32, pendrives, CD e um notebook.

 

anuncio patrocinado
Anunciando...