Mulher acusada de matar filho pode ter assassinado o primeiro marido

0

Na delegacia, Alexandra Dougokenski chegou a dar várias versões para o caso e, em um delas, disse que tirou a vida da criança porque ele não saia do celular

 

Alexandra Dougokenski, que é acusada de matar o filho Rafael Winques, de 11 anos, pode ter cometido outro crime no passado. O pai da criança, Rodrigo Winques, revela que ela também teria matado o seu primeiro marido. Em 2007, José Valdecir foi encontrado morto por Alexandra e o caso teria sido solucionado como suicídio. Mas, após a reabertura, foram encontradas provas que a incriminam. Entenda

Em 15 de maio de 2020, Rafael desapareceu na pequena cidade de Planalto (RS), onde morava com a mãe. Após 10 dias de busca, o corpo foi encontrado em um terreno vizinho

A mãe confessou o crime e disse que havia errado na dosagem de um remédio, entretanto o laudo pericial comprovou outra causa. Rafael, na verdade, foi asfixiado. Alexandra arrastou o corpo do filho até o terreno da vizinha e escondeu em uma caixa de papelão

Na delegacia, a mulher mudou a versão diversas vezes e em uma delas confessou que matou Rafael porque ele não saia do celular

Já o corpo do primeiro marido foi encontrado por Alexandra em 2017. A família do homem conta que na noite anterior ao acontecimento, ela estava com as malas prontas para sair da residência, como se ela planejasse algo

O caso foi encerrado como suicídio devido a forma como foi encontrado o corpo, com uma corda no pescoço. No entanto, a família pediu a reabertura, pois acreditavam que Alexandra estaria envolvida

A irmã de José conta que, no dia do velório Alexandra se mostrou indiferente e pareceu não sofrer com a morte do marido. Um mês após o incidente, ela já estava se relacionando com outra pessoa

A perícia identificou diversas lacunas na investigação do caso, que não poderia ter sido encerrado como suicídio, pois havia indícios de que José foi estrangulado por uma pessoa 

A advogada da família de José decidiu conversar com Rodrigo Winques, pai de Rafael. Ele conta que, após ter saído para beber com Alexandra, ela confessou que teria assassinado o primeiro marido. “Matei sim, esse diabo só me incomodava”, disse a assassina para Rodrigo.

Após as provas colhidas, o caso será reaberto para investigação e apuração. Alexandra está presa desde 2020, quando confessou ter matado o próprio filho.

anuncio patrocinado
Anunciando...