Leveza, versatilidade e sofisticação são atributos da pedra Basaltina italiana no décor de interiores

0

Pouco conhecida entre o público brasileiro, a rocha natural é a aposta do arquiteto

Gustavo Martins para seu ambiente CASA Å LEVE, na CASACOR São Paulo 2021;

 

 O material, que apresenta poros abertos e uma aparência compacta e uniforme, teve amplo uso no espaço, sendo aplicado no piso, s bancadas e até no mobiliário 

Na CASACOR São Paulo 2021, o arquiteto Gustavo Martins, de São José dos Campos, apostou na beleza da rocha natural, originária da lava original da Cava di Bagnoregio, região central da Itália, para compor os ambientes do estúdio, com 118m². O basaltino está presente no piso, parede, bancadas e, até mesmo, na elaboração dos móveis | Foto: Gruta Fotografia – Alessandro Gruetzmacher

Na composição de um projeto de arquitetura de interiores, tudo torna-se ainda mais interessante quando um mesmo material expressa sua versatilidade e caráter único marcando presença em mais de um ambiente e exercendo funções bem pensadas. O arquiteto Gustavo Martins, à frente do escritório que leva o seu nome, apostou nesse pensamento quando elegeu a Basaltina italiana para compor a tônica da Casa Å LEVE para a CASACOR São Paulo 2021, maior mostra do segmento nas Américas.

 

Inspirado no décor escandinavo, estilo das residências presentes no externo norte da Europa que engloba Noruega, Dinamarca e Suécia, o profissional partiu na busca por elementos que respondessem diretamente à sua motivação de evocar o conforto e o bem-estar no lar por meio de texturas leves, tons claros e elementos naturais. Com esse propósito, Gustavo trouxe para seu estúdio, de 118m², um material que tem atraído grande interesse dos visitantes: a rocha natural derivada da lava, do fogo e da terra.

 

Originária da Cava di Bagnoregio, na região central da Itália, a Basaltina está presente no piso de todos os ambientes, bem como na bancada do banheiro e, na cozinha, na área da pia, frontão e na ilha conectada com a área social. Além disso, com seu olhar preciso de arquiteto e designer de produtos, Gustavo apropriou-se na maleabilidade do material para executar o carrinho do bar.

 

Disponível em grandes formatos, a rocha natural oferece diversas texturas e, na arquitetura de interiores mundial, é aclamada por suas diversas texturas e a maneira como se harmoniza, tanto com o artesanal, como o industrial. Sua aparência minimalista, por meio dos traços únicos e a sutileza do cinza, configurou-se como um elemento ímpar incorporado na Casa Å LEVE para conceber um sutil contraponto com a delicadeza da madeira, que abraça o morador, e dos demais itens inseridos com o intuito de tornar cada ambiente um infinito particular. Com técnicas e maquinário que criam uma estética semiacabado ou acabado, a Basaltina valorizou ainda mais o projeto. Junto a isso, sua espessura fina facilita a aplicação, propiciando um visual clean.

 

Na Casa Å LEVE, (Viver, em norueguês), pedra Basaltina italiana se conecta com os outros elementos da decoração escandinava proposta por Gustavo. Singular e marcante, sua neutralidade chama atenção. “Em um primeiro momento, o entendimento é de uma rocha rústica ao toque. Tenho percebido, com satisfação, a admiração dos visitantes quando encostam suas mãos nas bancadas do banheiro e da cozinha e percebem o quão macia ela é“, revela o arquiteto Gustavo Martins.

A Basaltina nos ambientes da Casa Å LEVE 

O grande formato da Basaltina italiana e as juntas secas favoreceram a ideia de unidade visualizada no piso do dormitório | Foto: Gruta Fotografia – Alessandro Gruetzmacher

Na cozinha, a aplicação da Basaltina na ilha, na conexão com a marcenaria dos armários, pia e frontão | Foto: Gruta Fotografia – Alessandro Gruetzmacher

No banheiro, a Basaltina está na superfície da bancada em formato cavalete| Foto: Gruta Fotografia – Alessandro Gruetzmacher

Sobre a Casa Å LEVE

O estúdio projetado por Gustavo Martins para a CASACOR São Paulo 2021 expõe dormitório, banheiro, closet, sala de estar, cozinha e jardim. Com uma planta integrada, a leitura de espaços muito bem demarcados apresenta um décor pautado na percepção do aconchego e sensações – atributos do conceito da arquitetura escandinava. Durante a mostra, o objetivo do profissional é alcançar o sensorial das pessoas não apenas pelo visual, mas sim pelo aroma, visão e audição – atributos que importou do DNA escandinavo. Com isso, a imersão pela Casa Å LEVE propõe uma contemplação atual sobre o valor do lar em nossas vidas, uma vez que nunca estivemos tão íntimos e presentes em nossas moradas.

 

O arquiteto conseguiu traduzir a profundidade da arquitetura nórdica por meio de seus principais componentes: organização e praticidade, resultando em um visual minimalista, e a união de elementos que provocam um clima intimista. Ademais, tons neutros e discretos, com o cinza e o bege, foram as bases para tons mais fortes, dispostos de maneira precisa para um resultado atemporal.

 

CASACOR São Paulo 2021

Casa Å LEVE, pelo arquiteto Gustavo Martins

Parque Mirante

Rua Padre Antônio Tomás, 72

Anexo ao Allianz Parque – São Paulo

Ingressos à venda no site do evento: https://casacor.byinti.com/#/ticket/

 

Sobre Gustavo Martins Arquitetura

Paulista de São José dos Campos, no Vale do Paraíba, o arquiteto Gustavo Martins trilha sua trajetória no mercado de arquitetura e interiores há mais de 15 anos. Dono de um estilo contemporâneo e atemporal, tem como motivação ‘realizar sonhos’ dos seus clientes. Atuante nos segmentos residencial, comercial e corporativo, ele ressalta a personalização e a harmonia entre a volumetria e a arquitetura de interiores, traduzindo sua marca nos projetos realizados por seu escritório.

 

 

Tel. (12) 3941-1774

www.gustavomartinsarquitetura.com.br

@arq_gustavomartins

 

 

Outubro/2021 

anuncio patrocinado
Anunciando...