Exportações de ovos do país somam 819 toneladas e Grupo Mantiqueira responde por 70% do volume total

Segundo dados recentes da Secretaria de Comércio Exterior (Secex), divulgados pela Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), as exportações de ovos (in natura e processados) do país renderam US$ 1,4 milhão em Outubro, somando 819 toneladas. Ainda de acordo com entidade, houve um aumento do volume em 150%, quando comparado ao mesmo período do ano passado, e a receita também acompanhou essa evolução, sendo 102,3% superior.

Desta forma, de Janeiro a Outubro de 2021, os números relacionados às exportações de ovos são os seguintes:

• 8.148 mil toneladas;
• 138,9% a mais, quando comparado ao mesmo intervalo de 2020;
• Receita acumulada atingiu US$ 12,9 milhões, em alta de 110,7%.

E dentro deste cenário, o Grupo Mantiqueira, maior produtora de ovos do Brasil, foi responsável por 70% do volume total das exportações do país. Em números, equivale a 180 mil caixas, das 255 mil exportadas de Janeiro até Outubro de 2021 pelas empresas de avicultura de postura, como um todo.

Em 2020, o Brasil havia exportado, em igual período, 78 mil caixas. “A Mantiqueira triplicou as exportações, 3 vezes e meia, em relação ao mesmo período de 2020. Estamos neste mercado há 15 anos, acreditamos nas exportações e participamos das feiras internacionais, onde temos clientes fiéis à marca e ao nosso trabalho. A empresa tem feito um volume grande, sendo 100% para Hong Kong e Emirados Árabes. Queremos transformar este mercado, assim como foi com a carne e o frango, mesmo com o desafio grande em logística, pois os ovos não são congelados, como as demais proteínas. Acreditamos que a exportação é um caminho a ser trilhado pela avicultura de postura, assim como foi com o frango e o boi”, explica Leandro Pinto, presidente do Grupo Mantiqueira.

anuncio patrocinado
Anunciando...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui