Estelionatários fazem seis idosos de vítima com o “golpe do motoboy” no DF

0

Vítimas eram abordadas por suposto agente bancário e induzidas a entregar senhas e cartões. Suspeitos foram alvos de busca e apreensão pela Polícia Civil nesta sexta (30/7)

 

 

Nesta sexta-feira (30/7), a Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), por meio da 23ª Delegacia de Polícia (P Sul), deflagrou a Operação “No Bank” e cumpriu dois mandados de busca e apreensão contra estelionatários que aplicavam golpe em idosos no DF. As ações ocorreram em Taguatinga e no Recanto das Emas.

De acordo com a PCDF, a organização criminosa é responsável por cerca de seis estelionatos em Ceilândia. O artifício é conhecido como o “golpe do motoboy.” As vítimas recebiam ligações de uma central telefônica falsa e eram induzidas a revelar a senha e entregar o cartão bancário a golpistas, que se passavam por funcionários de um banco público.

Os alvos dos mandados cumpridos fazem parte do núcleo de aliciamento de terceiros que recebiam o dinheiro proveniente das fraudes. Os agentes ainda precisam identificar os demais integrantes da organização criminosa.

A Polícia Civil divulgou imagens de dois suspeitos do grupo, que efetuaram saques da conta de um dos idosos, em uma agência bancária, em 13 de maio. Um dos indivíduos, de acordo com a PCDF, também era o “motoboy” responsável por buscar os cartões das vítimas nas residências.

É possível enviar denúncias para a PCDF para colaborar na identificação dos envolvidos, por meio do site da corporação e do Disque-Denúncia (197). A ligação é gratuita e o sigilo, absoluto.

anuncio patrocinado
Anunciando...