Crime de estelionato aplicado no WhatsApp é solucionado no DF

0

O homem recebeu uma mensagem de um novo número afirmando ser um conhecido que trocou de número e precisa de dinheiro

Os golpes aplicados no WhatsApp estão cada vez mais comuns, normalmente, o golpista se passa por um conhecido da vítima e pede um montante em dinheiro. Foi o que aconteceu com um morador do Distrito Federal na última sexta-feira, 20. O homem recebeu uma mensagem de um novo número afirmando ser um conhecido que trocou de número. Na conversa, o golpista afirma que precisa fazer um pagamento mas, devido a uma atualização no aplicativo do banco, está sem a nova chave de segurança.

O “conhecido” solicitou uma quantia de dinheiro que seria pago via pix, o pagamento foi efetuado. Logo após a transferência, a vítima percebeu que se tratava de um golpe e acionou um dos parentes, agente de polícia da Divisão de Operações Especiais (DOE). O policial solicitou apoio investigativo da Coordenação de Repressão aos Crimes Contra o Consumidor, a Ordem Tributária e a Fraudes (Corf), onde foi possível bloquear as contas envolvidas (duas contas bancárias digitais de dois bancos distintos).

O grupo de trabalho da Polícia Civil do Distrito Federal (DOE e CORF), com o apoio da Polícia Civil de Mato Grosso (PCMT), conseguiu identificar e localizar o primeiro beneficiário da fraude, que foi preso em flagrante.

Após a investigação policial, foi possível interceptar o dinheiro transferido pela vítima ao estelionatário e restituir o valor. Ainda na investigação preliminar, outros dois estelionatários foram localizados e conduzidos à autoridade policial competente de Mato Grosso, onde responderão por associação criminosa e estelionato majorado.

anuncio patrocinado
Anunciando...