Cinco policiais são condenados por morte de jovem em Manguinhos

0

Paulo Roberto Pinho de Menezes, de 18 anos, foi morto na madrugada do dia 17 de outubro de 2013

 

Rio – A Justiça do Rio condenou cinco policiais acusados de participar do assassinado de um jovem em Manguinhos, Zona Norte do Rio. Paulo Roberto Pinho de Menezes, de 18 anos, foi morto na madrugada do dia 17 de outubro de 2013. A família conta que o jovem foi abordado e agredido por policiais em um beco da comunidade.

Na época do crime, os policiais afirmaram que Paulo Roberto tinha usado drogas, caiu e bateu a cabeça. Ainda segundo a família dele, que já tinha sido preso por assalto a mão armada, ele era ameaçado com frequência.

Na sentença, a juíza Ana Paulo Monte Pena Barros, da Justiça Militar, disse que Paulo Roberto estava com outros três amigos quando foi abordado e, após discussão, levou um soco na boca. Ele ainda recebeu uma coronhada. Por fim, a magistrada assinalou que a morte foi em “razão das agressões e lesões sofridas”.

Mãe criticou policiais
Na época da morte, a mãe da vítima, Fátima Menezes, disse que as ameaças se tornaram parte do dia a dia na comunidade. “Chegaram a apontar uma arma contra minha filha de 13 anos e, quando voltamos do enterro do Paulo Roberto, PMs fizeram sinal de degola para moradores que protestavam pacificamente”, disse.
Um amigo da vítima, que preferiu não se identificar, disse que o caso se tornou referência entre os policiais. “Passavam e diziam: vai terminar igual ao amigos de vocês”.
anuncio patrocinado
Anunciando...