Calendário de universidades segue suspenso após liberação do Sisu

0

Ao menos 19 instituições de ensino adotaram a medida para aguardar posicionamento do Ministério da Educação, segundo a UNE

 

 

Apesar do Superior Tribunal de Justiça (STJ) ter autorizado a divulgação do resultado do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) nessa terça-feira (28/01/2020), algumas universidades federais ainda estão com o calendário suspenso para aqueles que disputam uma vaga nas instituições.

As instituições de ensino publicaram notas informativas nos sites. Por enquanto, não foram divulgadas datas específicas para a volta do cronograma.

A Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) informa que “assim que o Inep/MEC responder aos questionamentos que compõem a decisão liminar e a questão for resolvida, a universidade divulgará as listas dos processos seletivos afetados”.

Entenda
O impasse ocorre após candidatos apontarem erros na correção das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) do ano passado. O Ministério da Educação admitiu que encontrou “inconsistências” no exame que atingiram cerca de 5 mil participantes.

A Justiça Federal de São Paulo determinou que o governo comprovasse a correção de erros no resultado das provas do Enem 2019. A decisão pediu ainda a suspensão da divulgação dos resultados do Sisu, prevista para ocorrer nessa terça-feira.

Segundo a Defensoria Pública da União, as falhas na correção podem atingir todos os candidatos e, consequentemente, prejudicar a lisura do Exame.

O MEC informou que, com a liberação do STJ, os candidatos às 237 mil vagas do Sisu poderão acessar os resultados oficiais no portal ainda na noite dessa terça-feira (28/01/2020).

Mais de 3,4 milhões de inscrições foram realizadas neste ano. Quem não for contemplado agora, poderá participar da lista de espera da segunda chamada, entre 29 de janeiro e 4 de fevereiro.

anuncio patrocinado
Anunciando...