A Tragédia em Brumadinho uma vítima é identificada após mais de 2 anos

0

Rompimento da barragem em janeiro de 2019 deixou 272 mortos e o trabalho de buscas segue à procura de outras oito ‘jóias’

 

Mesmo após mais de 2 anos e 8 meses no rompimento da Barragem B1, da Mina Córrego do Feijão, em Brumadinho , Região Metropolitana de Belo Horizonte, mais uma vítima foi identificada.

A Polícia Civil informou que trata-se de Angelita Cristiane Freitas de Assis, que morreu aos 37 anos. Ela trabalhava como técnica de enfermagem do trabalho, era casada e tinha dois filhos.

Ao todo, 262 pessoas que morreram em decorrência do rompimento da barragem já foram identificadas. Oito vítimas continuam desaparecidas.

O governador Romeu Zema (Novo) também se manifestou pelas redes. No Twitter ele escreveu o lema usado para lembrar da tragédia – repetida, como em Mariana – : “Nunca esqueceremos Brumadinho”

Novos detalhes serão divulgados em coletiva de imprensa no início da noite.

anuncio patrocinado
Anunciando...