Presidente Jair Bolsonaro diz que vai depor presencialmente à PF 

0

A decisão foi comunicada pela Advocacia-Geral da União (AGU) em ofício enviado ao Supremo Tribunal Federal (STF)

 

 

O presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), deve depor presencialmente à Polícia Federal (PF) no âmbito do inquérito que apura eventual interferência política na corporação. A informação chegou em ofício enviado, nesta quarta (6), ao Supremo Tribunal Federal (STF), por meio da Advocacia-Geral da União (AGU).

Bolsonaro é investigado no referido inquérito. As diligências foram abertas após denúncias do ex-ministro da Justiça Sérgio Moro. Com a manifestação, o ministro Alexandre de Moraes, relator do caso no STF, retirou de pauta um recurso que seria votado para avaliar se Bolsonaro poderia depor por escrito ou se deveria comparecer pessoalmente à oitiva.

Moraes vai avaliar se existe perda de objeto, ou seja, extinção do motivo para julgar o tema, com a decisão do presidente.

anuncio patrocinado
Anunciando...