Santander está no ranking das melhores instituições em negociação de ações

O mercado acionário brasileiro tem oscilado muito nos últimos meses, dinâmica bastante semelhante à observada no ano passado. Incertezas relacionadas à retomada da economia mundial, após sofrer fortemente com os efeitos causados pela pandemia de Covid-19, e as preocupações quanto à escalada da inflação impactaram os principais índices acionários mundo afora. O Ibovespa, o mais importante índice da bolsa brasileira, desvalorizou-se cerca de 16% nos últimos 12 meses.

Nesse contexto, extremamente volátil, a Corretora Santander Brasil foi reconhecida pela Institutional Investor, renomada publicação de finanças internacionais que analisa empresas do setor financeiro de todo o mundo, como uma das melhores instituições em negociação de ações em 2021. A corretora ficou na segunda posição na categoria Trading, que considera o valor agregado na execução das ordens.

Traders de buy-side e profissionais de investimento com investimentos em ações da América Latina classificaram as instituições em quatro categorias: negociação geral e execução (Trading), negociação eletrônica, negociação de portfólio/programa e proximidade com o cliente.

“A posição foi conquistada em função da proximidade com os clientes, além de muita inteligência no trading, seja nas ideias, na execução e nos fluxos. Os profissionais atendem a perfis de público específico e primam pela execução”, destaca André Rosenblit, diretor da Santander Corretora, que completa que as recomendações de trading de curto prazo são bastante assertivas. “Em 2022, recomendamos 32 ideias de trading gerando resultado positivo em 26 delas, com um índice de acerto de 81,2%.”   

Nesta mesma categoria, o BTG Pactual ocupou a liderança. XP Investimentos, Citi e UBS ocuparam a terceira, quarta e quinta posições, respectivamente.

anuncio patrocinado
Anunciando...