Qual a diferença entre terapeuta e um psicólogo?

Muitas pessoas têm dúvidas sobre a diferença entre terapeutas e psicólogos. Ambos são profissionais da área da saúde, mas há diferenças importantes entre eles. Enquanto os terapeutas são profissionais com uma gama maior de atuação, dependendo da sua formação. O psicólogo é especialista em comportamento, emoções e saúde mental e intervém em pessoas que experimentam angústia ou dificuldades psicológicas.

Assim, os terapeutas são profissionais que ajudam as pessoas a lidar com problemas relacionados a sua saúde física e mental, não há uma graduação específica de terapeuta, normalmente eles são extensões de formações como fisioterapia ou médica e podem trabalhar em um hospital ou clínica, ou em um ambiente privado e independente. Além de tratarem de pessoas que sofrem de doenças mentais mais graves, como esquizofrenia e transtorno bipolar, ainda podem se especializar em ajudar crianças e adolescentes que enfrentam problemas psicológicos.

Já o psicólogo é um profissional que possui formação formal e se dedica a estudar o comportamento humano, personalidade e relações interpessoais. Seu objetivo é preservar, manter e melhorar o bem-estar e a qualidade de vida do indivíduo, ajudá-lo a desenvolver sua capacidade de adaptação nos ambientes em que vive e promover saúde e integração social.

O psicólogo se posiciona em uma atitude de escuta e de neutralidade benevolente. Ele não julga. Ele está lá para acompanhar o paciente em sua jornada e ajudá-lo a encontrar suas próprias respostas. O psicólogo garante a autonomia da pessoa.

O que faz um psicólogo?

O psicólogo pode ser especializado em diferentes áreas, dependendo do público, dos cenários de intervenção, dos distúrbios tratados, o que dá acesso a títulos como psicólogo clínico (o mais comum), psicólogo ocupacional, psicólogo escolar ou neuropsicólogo.

Durante as sessões, o psicólogo analisa as situações para identificar os problemas e aconselhar métodos de atendimento psicológico.

Assim como os psiquiatras, os psicólogos também podem ser psicanalistas. Alguns psicólogos usam ferramentas como testes de QI, testes de personalidade ou testes de memória para entender melhor as dificuldades de seus pacientes.

Os psicólogos são especialistas em assuntos relacionados a como as pessoas se sentem, pensam e se comportam. Seu trabalho pode ser com indivíduos, grupos, famílias, bem como grandes organizações governamentais e industriais. Aqui estão alguns dos tipos de tópicos em que os psicólogos se concentram em suas pesquisas e práticas:

  • Problemas relacionados à saúde mental, como fobias, ansiedade e depressão;
  • A percepção e manejo do sofrimento;
  • Fatores psicológicos e problemas associados a condições físicas e doenças (por exemplo doença cardíaca, diabetes, acidente vascular cerebral);
  • Fatores psicológicos e o manejo de doenças terminais como o câncer;
  • Funções cognitivas como aprendizagem, memória, resolução de problemas, atitude intelectual e desempenho;
  • Habilidades e problemas de desenvolvimento e comportamento ao longo da vida;
  • Prevenção do crime, comportamento criminoso, serviços às vítimas e autores de atividades criminosas;
  • Vícios e abuso de álcool e drogas (por exemplo, tabagismo, alcoolismo, dependência de drogas);
  • Estresse, raiva e outros aspectos da gestão do estilo de vida;
  • Consultas aos tribunais sobre o impacto e o papel dos fatores psicológicos e cognitivos em acidentes e lesões, habilidades parentais e capacidade de uma pessoa para gerenciar seus assuntos pessoais;
  • Aplicação de fatores e questões psicológicas no local de trabalho, como motivação, liderança, produtividade, marketing, locais de trabalho saudáveis, racionalização do trabalho;
  • Problemas que envolvem relacionamentos conjugais e familiares;
  • Os fatores psicológicos necessários para manter o bem-estar e prevenir doenças;
  • Comportamentos e atitudes sociais e culturais, a relação entre o indivíduo e os diversos grupos a que pertence (por exemplo, trabalho, família, sociedade);
  • E o papel e o impacto dos fatores psicológicos no desempenho no trabalho, recreação e esporte.

Quando procurar um terapeuta ou um psicólogo?

A partir de qualquer sinal físico, mental ou social. Se há sensação de dificuldade em algum desses aspectos com mudanças drásticas nos hábitos, pode ser um indicativo para procurar um terapeuta. Enquanto a consulta com um psicólogo é necessária quando os problemas da pessoa impactam a sua saúde psicológica. 

Não é necessário ter encaminhamento médico, no entanto, um médico pode sugerir caso constate identifique alguma questão que precisa de um suporte especializado. 

anuncio patrocinado
Anunciando...