Dia Mundial do Meio Ambiente: BASF reforça seu compromisso com sustentabilidade

Para celebrar o Dia Mundial do Meio Ambiente, as soluções e iniciativas da companhia reforçam o impacto positivo para a sociedade e meio ambiente, investindo em tecnologias e práticas de preservação. E, para vivenciar na prática seu propósito de criar química para um futuro sustentável, a companhia se desafia diariamente para estabelecer e perseguir grandes metas em toda a cadeia de valor, com definição de metas globais desafiadoras. Entre elas está a redução das emissões de gases de efeito estufa em 25% até 2030, em comparação com 2018, com a perspectiva de uma jornada rumo à neutralidade climática e atingir emissões líquidas zero até 2050.

Para atingir as metas estipuladas, a BASF implementou algumas iniciativas em suas plantas produtivas visando reduzir ao máximo os impactos ambientais. Entre essas iniciativas está o projeto Triple E (Excelência em Eficiência Energética), cujo objetivo é melhorar os índices energéticos e de sustentabilidade, além de aumentar a competitividade da companhia na América do Sul.

Atualmente, o Triple E está presente em sete localidades produtivas da BASF na América do Sul, apoiando a certificação da ISO 50001 para as unidades de Guaratinguetá (2017), Demarchi (2019) e Camaçari (2019), no Brasil, e Concón (2020), no Chile, onde também foi a primeira grande indústria química do país a obter a certificação.

Desde a sua implementação, o programa identificou mais de 450 oportunidades de melhorias, sendo que 180 destas já foram implementadas ou estão em fase de implementação. Essas iniciativas representam uma economia de R$ 28,2 milhões por ano e uma redução de emissões de 23,7 mil toneladas de CO2 equivalente por ano.

Em julho de 2020, a BASF anunciou a seus clientes que passaria a calcular os valores totais de emissões de CO2, a chamada “pegada de carbono”, para todos os seus produtos. A Pegada de Carbono do Produto, compreende todas as emissões de gases de efeito estufa relacionadas ao produto, que ocorreram até a saída pelo portão das fábricas da BASF para o cliente. A análise compreende desde a matéria-prima adquirida até o uso de energia nos processos de produção. 

Dando continuidade a esses compromissos com o Meio Ambiente, a Fundação Espaço ECO, consultoria para sustentabilidade instituída e mantida pela BASF desde 2005, disponibiliza o Programa de Compensação de Emissões de Carbono Mata Viva, que viabilizou até hoje o plantio de 10 mil mudas de árvores da Mata Atlântica. Somente no Complexo Químico de Guaratinguetá (SP), de 1984 a 2021, a BASF contribuiu para o reflorestamento de 155 hectares de mata nativa com 319 mil árvores plantadas ao longo de quatro quilômetros do rio Paraíba do Sul. Estima-se que este investimento permitiu a remoção de 33,5 mil toneladas de CO2 da atmosfera.

A proteção e a restauração da biodiversidade realizadas por esse projeto têm papel crucial na redução dos efeitos relacionados às mudanças climáticas. E para acompanhar esse trabalho e seu impacto, a Fundação Espaço ECO desenvolveu uma ferramenta digital de cálculo de emissões, conhecida como SustenBOT, que indica a quantidade de árvores que precisam ser plantadas para compensar a emissão de carbono de uma ação ou atividade específica.

“Todas as nossas iniciativas mostram como a sustentabilidade se faz presente no propósito da BASF em todas as áreas. Neste Dia Mundial do Meio Ambiente, queremos ressaltar nosso compromisso ambiental e nossas metas que oferecem uma solução com menor impacto para o meio ambiente”, comenta Mariana Sigrist, Consultora de Proteção Ambiental e EHS Reporting na BASF.

Abaixo, algumas soluções da empresa:

Na fábrica de Indaiatuba (SP), foram criados os catalisadores automotivos, que contribuem para reduzir mais de 99% dos poluentes que seriam emitidos por motores movidos a álcool, gasolina e diesel. Os dispositivos produzidos pela companhia já eliminaram mais de 1 bilhão de toneladas de poluentes no mundo, o que equivale à emissão de 19.334 voltas em torno da Terra de caminhão.

A questão dos plásticos também tem recebido a atenção da BASF, que investe em Pesquisa e Desenvolvimento para apresentar soluções que ofereçam redução de resíduos, possibilidade de reciclagem e compostagem. Pioneira em biopolímeros, a empresa desenvolveu o polímero compostável e biodegradável ecovio®, obtido a partir de matérias-primas renováveis.

Para contribuir para que produtos plásticos tenham nova vida útil e possam ser reciclados mantendo qualidades e características, há o portfólio B-Cycle, de soluções para reciclagem mecânica.

Vale ressaltar também a Reserva Suvinil, uma Área de Preservação Permanente (APP) com 30 hectares de Mata Atlântica, localizada dentro do Complexo de Tintas e Vernizes da BASF, em São Bernardo do Campo (SP). A Reserva faz parte da fábrica de tintas decorativas Suvinil e Glasu! que em estudo realizado pela Fundação Espaço ECO durante oito meses, identificou 176 espécies de plantas pertencentes a 55 famílias e 117 gêneros botânicos. Desse total, 135 são árvores e 41 são ervas, trepadeiras e samambaia. Lá também moram 85 espécies de aves, oito de mamíferos e, ao menos, cinco de serpentes e três de lagartos, assim como anfíbios e peixes. E, ainda conta com cinco nascentes, o que contribui com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentáveis da ONU.

E finalizando, planejar cada movimento na lavoura é uma necessidade real, aumentar a eficiência, economizar tempo e principalmente otimizar recursos são desafios diários que o produtor rural enfrenta. Sabendo disso, a companhia disponibiliza aos agricultores o xarvio® Digital Farming Solutions. Por meio dela, os produtores tiveram uma economia de aproximadamente 62% de insumos utilizados para o manejo de plantas daninhas nesta safra, entre defensivos agrícolas, água, diesel e horas trabalhadas no pulverizador. Desde 2017, o serviço de mapeamento de plantas daninhas foi responsável por uma economia de mais de 28,8 bilhões de litros de água. Na safra 2021/2022, foram poupados 28 milhões de litros de água usada na diluição dos defensivos agrícolas.

anuncio patrocinado
Anunciando...