INSS mantém antecipação de pagamento de benefícios no Rio Grande do Sul em junho

INSS mantém antecipação de pagamento de benefícios no Rio Grande do Sul em junho
INSS mantém antecipação de pagamento de benefícios no Rio Grande do Sul em junho

O INSS anunciou a continuidade da antecipação do pagamento de benefícios previdenciários para os residentes de municípios em estado de calamidade pública no Rio Grande do Sul. Os valores serão depositados no dia 24 de junho de 2024, em uma única parcela, conforme determinação do Ministério da Previdência Social.

Essa medida, que já havia sido adotada em meses anteriores, visa apoiar aposentados, pensionistas e beneficiários do BPC que estão enfrentando dificuldades financeiras decorrentes das enchentes e tempestades que atingiram a região. 

“A antecipação dos pagamentos é uma ação essencial para proporcionar um alívio imediato às famílias afetadas pelas chuvas”, observa João Adolfo, especialista em finanças e proprietário da João Financeira.

Detalhes dos benefícios antecipados

A antecipação é para quem recebe aposentadoria, pensão e BPC, e excluí benefícios temporários como auxílio-doença, auxílio-acidente, salário-maternidade e auxílio-reclusão. 

Segundo informações divulgadas pelo INSS, e conforme dito anteriormente, os beneficiários nas áreas afetadas receberão seus pagamentos em 24 de junho. No entanto, no restante do país, o pagamento seguirá o calendário normal, baseado no número final de identificação do benefício e no valor a ser recebido. Aqueles que recebem um salário mínimo recebem primeiro, como de costume.

O calendário de pagamentos para os beneficiários do Rio Grande do Sul é simples e direto, com todos os pagamentos sendo feitos no dia 24 de junho. Para os demais estados, o calendário escalonado segue até o início de julho. 

“É fundamental que as pessoas afetadas estejam cientes dessa antecipação para poderem se planejar financeiramente e utilizar seus benefícios da melhor forma possível, para se reerguer”, acrescenta João Adolfo.

Calendário de pagamento de junho no Rio Grande do Sul

Para os beneficiários do Rio Grande do Sul, o calendário de pagamento é o seguinte:

– Todos os beneficiários (dígito final do benefício de 0 a 9): 24 de junho

Calendário de pagamento no resto do país

Quem recebe um salário mínimo

  • Dígito final do benefício 1: 24 de junho
  • Dígito final do benefício 2: 25 de junho
  • Dígito final do benefício 3: 26 de junho
  • Dígito final do benefício 4: 27 de junho
  • Dígito final do benefício 5: 28 de junho
  • Dígito final do benefício 6: 1 de julho
  • Dígito final do benefício 7: 2 de julho
  • Dígito final do benefício 8: 3 de julho
  • Dígito final do benefício 9: 4 de julho
  • Dígito final do benefício 0: 5 de julho

Quem recebe acima de um salário mínimo

  • Dígitos finais do benefício 1 e 6: 1 de julho
  • Dígitos finais do benefício 2 e 7: 2 de julho
  • Dígitos finais do benefício 3 e 8: 3 de julho
  • Dígitos finais do benefício 4 e 9: 4 de julho
  • Dígitos finais do benefício 5 e 0: 5 de julho

Processo de liberação dos benefícios

Os pagamentos do INSS são realizados com base no mês de competência, sendo os valores liberados no final de cada mês, estendendo-se até o início do mês seguinte. A antecipação tem o objetivo de minimizar o impacto das calamidades naturais sobre a vida dos beneficiários, oferecendo um suporte financeiro essencial em momentos de crise. 

“Essas antecipações garantem que as pessoas mais vulneráveis tenham acesso rápido aos seus benefícios, ajudando a manter a dignidade e a subsistência em tempos de emergência”, explica João Adolfo.

Direito ao benefício e consultas

Todos os segurados que recebem um benefício previdenciário de longa duração têm direito ao pagamento mensal conforme o calendário anual do INSS. Para os moradores das áreas em calamidade no Sul, os valores antecipados serão disponibilizados em 24 de junho.

Os beneficiários podem consultar seus valores e datas de pagamento através do portal Meu INSS ou pelo aplicativo disponível nas lojas Play Store (Android) e App Store (iOS). A consulta também pode ser realizada via Central de Atendimento 135, onde é necessário fornecer o número do CPF e confirmar informações cadastrais para evitar fraudes.

Atendimento e suporte

Em complemento às medidas de antecipação de pagamento, o INSS reforça a importância do suporte técnico e atendimento aos beneficiários afetados pelas chuvas. Técnicos da Caixa Econômica Federal estão sendo deslocados para o Rio Grande do Sul para auxiliar as prefeituras locais na implementação de planos de recuperação e na orientação dos cidadãos sobre como acessar o saque calamidade do FGTS.

 “O apoio técnico e a orientação adequada são fundamentais para os beneficiários poderem usufruir de seus direitos sem complicações”, destaca João Adolfo.

Em suma, a antecipação do pagamento de benefícios do INSS para os moradores das áreas afetadas no Rio Grande do Sul é uma medida essencial para garantir a estabilidade financeira e o bem-estar dos beneficiários em tempos de dificuldade. A ação coordenada entre o INSS, o Ministério da Previdência Social e a Caixa Econômica Federal demonstra o compromisso do governo em oferecer suporte imediato à população atingida por desastres naturais. 

“Garantir que os recursos cheguem rapidamente às mãos daqueles que mais necessitam é uma questão de justiça social e um dever do Estado”, conclui João Adolfo.

Como consultar e solicitar serviços

Os beneficiários podem consultar os valores e datas dos pagamentos de seus benefícios através do portal Meu INSS, disponível na internet, ou pelo aplicativo Meu INSS. Para acessá-los, é necessário realizar um cadastro no Portal Gov.br. No site ou no aplicativo, os beneficiários podem visualizar o extrato de pagamento, verificar empréstimos consignados e até mesmo solicitar o pagamento de benefícios não recebidos. 

Caso a pessoa não tenha acesso à internet, as consultas e solicitações também podem ser feitas pela Central de Atendimento 135, disponível de segunda-feira a sábado, das 7h às 22h. O beneficiário deverá fornecer o número do CPF e confirmar informações cadastrais para garantir a segurança dos dados e evitar fraudes.

anúncios patrocinados
Anunciando...