E-learning se destaca como ferramenta corporativa

E-learning se destaca como ferramenta corporativa
E-learning se destaca como ferramenta corporativa

Muita gente pode achar que a educação à distância por meio de aulas on-line é uma novidade derivada da pandemia de Covid-19. No entanto, o e-learning é bem mais antigo e é de fundamental importância para a formação profissional.  O termo, emprestado do inglês, significa aprendizado eletrônico, e pode ser simplificado justamente como educação à distância ou cursos on-line.

O e-learning existe antes mesmo da popularização da internet. Afinal, quem vive na era das conexões discadas certamente já se deparou com CDs ou DVDs acompanhados de apostilas com conteúdos educativos para estudar em casa pelo computador. A revolução digital apenas ampliou os recursos de educação on-line e ofereceu mais ferramentas para esse processo de aprendizagem. 

Em uma era em que tempo é dinheiro, não é de se admirar que a ideia do “estude onde quiser, quando quiser, adaptando o curso ao seu horário” tenha feito tanto sucesso no mundo corporativo. Afinal, não é preciso mais gastar com deslocamentos ou materiais para manter os funcionários de uma empresa atualizados. 

“O e-learning também facilita a personalização do aprendizado, adaptando o ritmo e o conteúdo às necessidades individuais dos colaboradores, o que maximiza a eficácia do treinamento”, ressalta Gilclécio Lucena, especialista em Assessoria de Comunicação.

A importância das plataformas de e-learning

Segundo dados do Ministério da Educação, somente entre os anos de 2011 e 2021, o ensino a distância cresceu 474% – isso considerando apenas o Ensino Superior. Uma pesquisa recente do PagSeguro demonstrou que o mercado de e-learning no Brasil movimentou US$ 4,5 bilhões em 2023. Ou seja, essa é uma realidade que se consolida a cada dia.

Para quem ainda não é familiarizado com esse processo de aprendizado, ele é bem simples. A Fundação Instituto de Administração (FIA) explica que o e-learning pode funcionar de duas formas: com ou sem gerenciamento do aprendizado. O primeiro modelo é o clássico que utiliza CDs ou pendrives, além de outros materiais que permitem ao aluno estudar por conta própria, mas sem nenhum tipo de suporte ou avaliação do aprendizado.

Já o método com gerenciamento funciona por meio de ambientes virtuais de aprendizado, geralmente por meio de plataformas LMS ou learning machine system. Tais plataformas funcionam como uma espécie de sala de aula virtual e os alunos conseguem ter um acompanhamento mais próximo. 

“As plataformas de e-learning permitem a medição precisa do progresso dos funcionários e a identificação de áreas de melhoria, contribuindo para um desenvolvimento contínuo e alinhado às metas estratégicas da empresa”, aponta Lucena. Para ele, “essas ferramentas garantem que os funcionários estejam constantemente evoluindo e contribuindo para o crescimento sustentável da companhia”.

O e-learning no meio corporativo

Paralelamente a este cenário, desenvolve-se uma sociedade que está em constante mudança e que a competitividade no mercado profissional cresce a cada dia. Assim, estar alinhado com as últimas tendências e metodologias da profissão é um diferencial para quem quiser ficar em destaque no mundo corporativo. 

E como meio de auxiliar no equilíbrio entre trabalho, vida pessoal e saúde é que o ensino a distância encontra seu nicho. “Em um mundo corporativo cada vez mais dinâmico e competitivo, onde o posicionamento da marca é levado em consideração pelo público-alvo, investir em e-learning é investir no futuro da empresa e na capacitação de seus líderes, garantindo que estejam preparados para enfrentar desafios e aproveitar oportunidades com eficiência e inovação”, enfatiza o assessor.

E para quem acha que apenas os profissionais buscam esse tipo de serviço para manter-se atualizados, Gilclécio Lucena deixa claro que as próprias empresas também devem investir em plataformas de aprendizado virtual. Isso porque, segundo ele, em um ambiente de negócios dinâmico, a capacidade de atualizar rapidamente o conteúdo de treinamento é fundamental para manter os funcionários alinhados com as últimas tendências e tecnologias. 

“A capacidade de personalização e a flexibilidade oferecidas por essas ferramentas permitem que as empresas adaptem rapidamente suas estratégias de treinamento às necessidades emergentes, mantendo-se sempre à frente no mercado”, finaliza.

Para mais informações, basta acessar: @gilcleciolucena

anúncios patrocinados
Anunciando...