GDF intensifica ações de combate à dengue

Novacap recupera guarda-rodas em várias vias do Plano Piloto
12 de março de 2019
Jardim Botânico bate recorde de público no fim de semana
12 de março de 2019

GDF intensifica ações de combate à dengue

Com o período chuvoso e a possibilidade do aumento da incidência do mosquito Aedes aegypti, o Governo do Distrito Federal está intensificando as ações preventivas de combate à dengue. Entre os meses de janeiro e fevereiro, 185.913 imóveis foram inspecionados. Os trabalhos envolvem 360 agentes, além do reforço diário de 40 militares do Corpo de Bombeiros durante a semana e 400 nos fins de semana.

Já houve inspeções e tratamento em 85% das escolas públicas, além de um redirecionamento das ações com o reforço de 150 servidores de outros núcleos regionais em São Sebastião, Paranoá e Itapoã. As equipes também fazem o monitoramento populacional do mosquito da dengue por armadilhas de oviposição (controle dos ovos do inseto) no Recanto das Emas, no Gama e na Estrutural.

Nas regiões consideradas mais críticas, são ampliadas as visitas domiciliares e as revisitas a imóveis fechados. Outro recurso adicional é o uso do fumacê – equipamento móvel que percorre a região com um pulverizador de inseticida.

185.913número de domicílios vistoriados entre janeiro e fevereiro deste ano

Sensibilização

Dados da Diretoria de Vigilância Ambiental/DIVAL confirmam que o atual Índice de Infestação Predial (IIP) do Aedes aegypti no Distrito Federal é de 0.83, número considerado satisfatório. Independentemente dos números, as ações do GDF nesse setor – o que inclui campanhas de conscientização da população – estão sendo intensificadas.

“O que precisamos agora é sensibilizar as pessoas sobre a importância de receber os agentes”, destaca a subsecretária de Vigilância à Saúde, Elaine Morela.  “Estamos identificando onde estão os casos para agirmos.”

A intenção do governo é trabalhar na prevenção – meta que já se desdobrou, nos dois primeiros meses deste ano, em 9.364 ações educativas, como palestras e distribuição de material informativo.

Prevenção

“Nossa meta é aumentar as ações preventivas para termos menos preocupações nos anos seguintes”, reforça a subsecretária de políticas públicas da Casa Civil, Meire Mota. Ela lembra da necessidade do envolvimento da população no combate ao mosquito, inspecionando suas casas/comércios/empresas e locais de trabalho.

Os dados mais recentes sobre ações de combate e conscientização conta a dengue foram divulgados nesta segunda-feira, 11, durante reunião entre equipes e órgãos envolvidos no trabalho de combate à dengue no DF, como Emater-DF, Casa Civil, Secretaria de Educação, Casa Civil, Caesb, Agefis, Secretaria das Cidades, Vigilância Ambiental, Novacap, SLU, DER, Corpo de Bombeiros e administrações regionais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *