Um Trabalhador fica com braços presos em máquina de misturar concreto

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o funcionário foi ‘puxado’ para dentro da máquina. Caso foi em São João del-Rei

Um operador de betoneira, de 51 anos, se envolveu em um grave acidente enquanto trabalhava em uma fábrica de concreto, em São João del-Rei, no Campo das Vertentes.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o trabalhador estava manuseando uma máquina de misturar concreto. O equipamento contém uma esteira. Segundo testemunhas, o trabalhador foi puxado para dentro do maquinário. As causas ainda serão apuradas.

“Os relatos dão conta de que o funcionário estava manuseando a máquina de misturar concreto, que tem uma esteira. Ele teria sido ‘puxado’ para dentro, ficando com os braços presos e bastante machucados”, destacou o Corpo de Bombeiros.

Mesmo com os braços presos, a vítima continuou consciente durante todo o período em que aguardava o socorro. “A vítima estava consciente, orientada e teve parte da pele dos braços arrancada, além de sofrer fraturas nos dois membros”, informou os Bombeiros.

Quando chegaram ao local, os bombeiros precisaram desmontar a máquina para fazer a retirada do trabalhador. “Os dois braços apresentavam fraturas, o que demandou um cuidado especial na estabilização e retirada do acidentado”, explicou a corporação.

  • Trabalhador machucado recebe atendimento dos bombeirosCBMG/Divulgação

Assim que o trabalhador foi removido do maquinário, recebeu atendimento do Samu e foi levado para o Hospital Nossa Senhora das Mercês, em São João del-Rei.

A reportagem do Estado de Minas tentou atualizar o estado de saúde da vítima, mas não obteve retorno.

anuncio patrocinado
Anunciando...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui