Polícia encontra corpo de mulher que desapareceu após sair de casa para cobrar dívida 

Técnica de enfermagem saiu de casa na terça-feira passada e estava desaparecida desde então

Uma semana depois do desaparecimento da técnica de enfermagem Danyanne da Cunha, 35 anos, a Polícia Civil localizou o corpo dela nesta quarta-feira (3) em um matagal no Incra 8, Brazlândia. Danyanne saiu de casa na noite da terça-feira (26) passada para cobrar uma dívida de um homem. Contudo, desde então, não foi mais vista.

Dois suspeitos pela morte da mulher foram presos. A suspeita é que ela estivesse envolvida com empréstimos financeiros, e os dois homens seriam captadores de clientes de Danyanne, que repassavam os valores arrecadados para ela. Um deles não conseguiu recolher os repasses e acumulou uma dívida de R$ 35 mil com a vítima.

Desaparecimento

O celular de Danyanne, com mensagens combinando o encontro com o homem, ficou na casa dela, e familiares entregaram o aparelho à polícia. O caso está sendo investigado pela 29ª Delegacia de Polícia (Riacho Fundo I).

De acordo com o irmão da vítima ouvido pela polícia, que checou o celular dela, a mulher combinou de se encontrar com o devedor na avenida Sucupira, no bairro Telebra, no Riacho Fundo I. A troca de mensagens mostra que o homem foi até o local combinado, mas o pagamento não foi feito porque Danyanne não apareceu.

Já a polícia afirma que a mulher se encontrou com os dois suspeitos no Riacho Fundo I para receber parte da dívida. No encontro, um terceiro comparsa teria se aproximado do grupo com uma arma em punho e simulou um assalto. Com isso, conduziram Danyanne à região de chácaras de Brazlândia, onde ela foi assassinada.

No dia em que desapareceu, Danyanne foi filmada pelo circuito de câmeras de segurança deixando o prédio onde mora. Aparentemente tranquila, ela vai até o elevador, se arruma em frente ao espelho, sai pela portaria e caminha até o carro. O veículo foi visto na Estrutural, no Pistão Sul e na BR-040.

O carro ainda não foi encontrado.

Investigação

Agora, a polícia investiga o caso como homicídio, roubo de veículo e localização e remoção de cadáver. O corpo ainda será periciado para determinar a causa da morte, mas, segundo a polícia, Danyanne foi executada no mesmo dia do desaparecimento com um tiro na cabeça.

anuncio patrocinado
Anunciando...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui