PF deflagra ação contra a exploração sexual infantil na internet em MG

Um mandado de prisão e 14 mandados de busca e apreensão foram cumpridos em todo o estado

 

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta terça-feira (31/05) a operação Saint Nicolas II, com o objetivo de combater a prática de exploração sexual infantil na internet.

Um mandado de prisão temporária e 14 mandados de busca e apreensão, expedidos pela 35ª Vara Federal de Belo Horizonte, foram cumpridos na capital, Sabará, Uberlândia, Uberaba, Juiz de Fora, Montes Claros, Divinópolis e Ipatinga.

Os presos serão encaminhados para a penitenciária Inspetor Martinho Drummond, em Ribeirão das Neves, e ficarão à disposição da Justiça.

Os investigados vão respoder por posse e venda de fotografia, vídeo ou outra forma de registro que contenha cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente. Se condenados, poderão cumprir até 10 anos de reclusão mais multa.

Segundo a Polícia Federal, a investigação começou a partir do uso de ferramentas e técnicas investigativas que permitiram a coleta de informações na internet e a identificação de usuários que frequentemente compartilhavam ou comercializavam esse tipo de arquivo na web.

“A ação de hoje reflete uma atuação proativa e integrada da Superintendência Regional e demais delegacias da Polícia Federal no interior com o intuito de reprimir, de maneira uniforme e forte, o consumo e a disseminação de arquivos de imagem e vídeo, com conteúdo de abuso sexual infantil, na rede mundial de computadores em todo o Estado de Minas Gerais”, disse a Polícia em nota.

 

anuncio patrocinado
Anunciando...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui