Menino de 11 anos liga para a PM pedindo comida para os irmãos na Grande BH

Criança usou o 190 para relatar que estava com fome; mãe disse aos militares que família estava comendo fubá e água há três dias

 

Uma criança de 11 anos fez uma ligação desesperada via 190 que chamou a atenção da Polícia Militar de Minas Gerais, na noite desta terça-feira (3). Na chamada, Miguel Barros disse aos policiais que ele e seus irmãos estavam sem comer e com fome.

“Seu policial, aqui em casa não tem nada para a gente comer. Minha mãe só tem farinha e fubá”, disse pelo telefone.

Os militares foram até a casa da família em Santa Luzia, na região metropolitana de Belo Horizonte, acreditando ser um uma ocorrência de maus-tratos. Quando chegaram ao local, o menino comemorou e chamou a sua mãe.

Em contato com os policiais, Célia Arquimino Barros contou que não tinha o que dar de comer aos seus seis filhos e, há três dias, eles só se alimentavam de fubá com água. Por isso, o estômago das crianças não estava mais aceitando a mistura.

Diante da situação, ela disse aos filhos que não sabiam mais a quem pedir ajuda e, então, Miguel resolveu ligar para a PM.

Os militares, coordenados pelo Sargento Viana, da 69ª companhia do 35°Batalhão, fizeram uma vaquinha e foram até um supermercado para comprar os alimentos. Ao saber da situação da família, o gerente do estabelecimento se ofereceu para doar os produtos à família.

anuncio patrocinado
Anunciando...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui