Mais jovem gari do DF é indicada a premiação que credencia à etapa internacional

Convite oficial, que pode valer indicação a premiação internacional, foi feito em 23 de julho.

A gari mais jovem do DF foi indicada ao prêmio “Viva Seu Sonho” (Live your Dream), da ONG Soroptmistas, que visa dar apoio e incentivo a mulheres para promover o empoderamento e a independência feminina. O convite oficial ocorreu em 23 de julho, em cerimônia que contou com a presença da direção entidade, de Isabelle e sua mãe, a vendedora ambulante Mércia da Silva de Souza.

A premiação no Brasil é voltada a mulheres que são as principais mantenedoras de suas famílias e oferece US$ 5 mil para subsidiar as jovens na conclusão dos estudos, aperfeiçoamento da educação, habilidades e perspectivas de emprego. Já o valor do prêmio internacional pode chegar a US$ 10 mil. Esbanjando felicidade com a indicação, Isabella afirma que se sentiu honrada e, agora, bastante esperançosa. “Foi uma surpresa incrível, não imaginava isso. Sei que, com fé, nada é impossível e, se eu ganhar, esse prêmio vai me fortalecer muito”, disse.

Com a indicação ao prêmio, Mércia conta que se sente ainda mais orgulhosa da filha. “Sempre tive muito orgulho dela, pelo exemplo de garra e esforço”, diz a mãe. Ela afirma que depois da matéria ter sido publicada no Correio, a filha tem sido alvo de muito carinho das pessoas nas ruas e também dos vizinhos. “Isabelle chegou a receber diversos convites para fazer estágio com psicólogos profissionais, mas recusou  pois ainda está no início de sua formação”, disse. Mércia espera que a vida da filha mude para melhor e que outros jovens se inspirem e consigam conquistar seus sonhos.

A organização soube da história de Isabelle por meio da publicação da reportagem no caderno Trabalho & Formação do jornal Correio Braziliense. “A história de Isabelle me chamou a atenção assim que li a matéria”, disse a diretora de divulgação e ex-presidente da organização, Monica Beraldo. Eliana Pimentel, diretora de programas e prêmios, também se encantou com a história e enxergou na gari uma possível candidata ao prêmio, convidando-a para um encontro. Isabelle concorrerá com outras garotas ao prêmio regional, que terá o resultado divulgado no primeiro semestre de 2023, com data e local ainda a serem definidos.

Empoderamento

Diretoria do SI Brasília formaliza convite a Isabelle para concorrer ao prêmio "Viva Seu Sonho"
Diretoria do SI Brasília formaliza convite a Isabelle para concorrer ao prêmio “Viva Seu Sonho”(foto: Arquivo pessoal)

Liderado por Violet Richardson, o movimento Soroptimista foi fundado por um grupo de mulheres norte-americanas 1921, nos moldes dos clubes rotarianos — clubes que reúnem pessoas de prestígio, como líderes de negócios, profissionais, artísticos, governamentais, onde não era permitida a presença de mulheres —, já que elas não podiam participar desses clubes. Desde então, o movimento discute questões de valorização e empoderamento feminino. Atualmente, o grupo possui assento na Organização das Nações Unidas (ONU), está presente em 121 países e conta com cerca de 3 mil clubes e 72.000 mulheres voluntárias.

O primeiro clube no Brasil foi instalado pela educadora e ativista feminista Bertha Lutz, filha do renomado cientista Adolfo Lutz, no Rio de Janeiro, na década de 1940. Em Brasília, o clube foi fundado em 1973. Prestes a completar 50 anos, a ONG já distribuiu US$ 30 mil em prêmios de educação para 30.000 mulheres na capital federal. O Viva Seu Sonho é reconhecido por sua eficácia e impacto a longo prazo. Os fundos são arrecadados em um evento beneficente, a Festa do Chapéu, que ocorre todos os anos no Brasil.

Além do prêmio Viva Seu Sonho, a ONG conta com o programa “Sonhe, Realize”, que apoia meninas de 14 a 17 anos a prosseguirem nos estudos e traçar metas estudantis e profissionais, como forma de alcançar os seus sonhos. O programa é desenvolvido em parceria com escolas e centros sociais como atividade extracurricular, proporcionando às adolescentes espaço para refletir sobre o que desejam para o seu futuro profissional. Conta, ainda, com uma campanha pelo fim da violência e contra o tráfico de mulheres.

Durante a pandemia, o programa “Sonhe, Realize” precisou se reinventar. A ONG utilizou um banco de dados na plataforma virtual de salas de aula do Colégio da Vila Planalto para transmitir vídeos educativos sobre valores, profissões, educação financeira e cuidados com a saúde a 129 jovens.

anuncio patrocinado
Anunciando...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui