Mais de 42 milhões de brasileiros sofrem com calvície, transplante capilar não é uma solução definitiva explica especialista

No Brasil mais de 42 milhões de pessoas sofrem com a calvície, de acordo com dados da Sociedade Brasileira de Cabelos. O problema que atinge homens e mulheres está ligado a fatores genéticos, alterações hormonais e digestivas, sedentarismo, má alimentação, intoxicações diversas, questões emocionais entre outros fatores.
Com a popularização dos transplantes capilares na internet e nas redes sociais é preciso entender que essa não é a solução definitiva para a questão.
 A tricologista Valine Alencar explica que ” O transplante capilar é uma ferramenta para repor cabelo, mas continua sendo necessário o tratamento no pré e também no pós transplante. Quando o tratamento é descontinuado há a perda de fios novamente, pois os que não foram implantados entram em atrofia e caem. Em muitos casos o transplante não é necessário, há opções de tratamento menos invasivos e sem medicamentos que vão tratar as causas não somente o sintoma, no caso a queda de cabelo”, explica  a especialista.
anuncio patrocinado
Anunciando...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui