Longa nacional ‘Dog Never Raised: Cachorro Inédito’ estreia no 50° Festival de Cinema de Gramado

Filme experimental sobre obsessão por cinema e DVDs passa dia 16 de agosto na mostra gaúcha

Cena de ‘Dog Never Raised: Cachorro Inédito’ – crédito: Bruno de Oliveira

 

Terceiro longa-metragem do cineasta gaúcho Bruno de Oliveira, “Dog Never Raised: Cachorro Inédito” terá sua première no 50° Festival de Cinema de Gramado, que acontece de 12 a 20 de agosto de 2022. Em sua trama, um larápio de rua fica obcecado com a ideia de realizar um filme após invadir um apartamento cheio de DVDs. Bruno também assina a produção, roteiro e montagem. O filme será exibido na terça (16), às 14h, no Palácio dos Festivais (Av. Borges de Medeiros, 2.697), seguido de debate com os realizadores ao final da sessão.

Com sequências em preto e branco e coloridas, Bruno de Oliveira acompanha as andanças e obsessões de seu protagonista sem nome e sem rosto. Uma narração em inglês o acompanha. “É um filme bem diferente dos outros, principalmente dos longas”, observa o diretor de “Os Pássaros de Massachusetts” (2019) e “Ten-Love” (2020). “‘Dog Never Raised’ é um filme muito experimental que tem uma proposta mais próxima do terror/suspense e outros gêneros”, define. Ele cita como principais influências os trabalhos de David Cronenberg (“Crash”) e Robert Eggers (“O Farol”). A trilha sonora é assinada por Gustavo Peixoto (do projeto musical ALE) com colaboração do diretor.

“Dog Never Raised” foi rodado em 2020, no auge da pandemia, com uma equipe mínima por questões de segurança. A edição levou cerca de um ano e meio para ser concluída. É através do cinema que o ladrão encontra um novo sentido na vida, o que acaba por afetar a própria linguagem cinematográfica. “Esta relação com o cinema que nos meus filmes anteriores era um pouco mais saudável ou otimista, em ‘Cachorro Inédito’ é mais sombria, – ela toca a obsessão, a doença”, avalia. “É um filme muito influenciado pela minha relação com DVDs, com o cinema mesmo, com o fazer do cinema. Considero meu filme mais maduro até então”, conclui.

 

Serviço

“Dog Never Raised: Cachorro Inédito” de Bruno de Oliveira

Drama | 71 min. | Brasil

Quando: 16 de agosto, às 14h | debate com os realizadores ao final da sessão

Onde: Palácio dos Festivais (Av. Borges de Medeiros, 2.697 – Centro, Gramado – RS)

Entrada franca

Sinopse: Um larápio de rua fica obcecado com a ideia de realizar um filme após invadir um apartamento cheio de DVDs.

Trailer: https://youtu.be/QprLIOodUFY

Instagram | Twitter | YouTube

 

Sobre Bruno de Oliveira

Bruno de Oliveira estudou Cinema e Audiovisual na UFPEL e atualmente cursa Teatro na UFRGS.O trabalho do diretor busca sempre ser reinventado através da relação com a linguagem, gênero e escopo de produção que inclui um pensamento político-estético radical e experimental. Dirigiu vários curtas, entre eles “A Antologia de Antonio” (exibido na Mostra de Cinema de Tiradentes em 2017) e “Maçãs em Fogo” (exibido no Festival de Gramado em 2018). Seus créditos incluem os longas-metragens “Os Pássaros de Massachusetts” (disponível no streaming Amazon Prime) e “Ten-Love” (Sulflix), lançados no Festival de Gramado em 2019 e 2020, respectivamente. Agora lança “Dog Never Raised: Cachorro Inédito” no 50° Festival de Cinema de Gramado.

 

Créditos

Elenco: Bernardo Bordini, Marcos Brique, Flávio Isaac, Helga Barcellos e Georgia Barcellos

Direção, Roteiro e Produção: Bruno de Oliveira

Montagem: Bruno de Oliveira

Direção de Fotografia: Bruno de Oliveira

Som: Bruno de Oliveira

Trilha Sonora Original: Gustavo Peixoto e Bruno de Oliveira

Desenho de Som: Bruno de Oliveira

anuncio patrocinado
Anunciando...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui