Estudo mostra que 62% das mães buscam autocuidado

Levantamento da plataforma Queima Diária mostra que 62% das mães entrevistadas afirmam ser insuficiente o tempo dedicado para o autocuidado

Equilibrar a carreira com a mudança de hábitos pós-maternidade e a retomada da vida social após a pandemia da covid-19 está exigindo mais esforço nos cuidados pessoais de mães. Levantamento da plataforma de treinos on-line Queima Diária revela que 62% das mães consideram insuficiente o tempo dedicado para o autocuidado.

Ainda de acordo com a pesquisa, 38% das mães entrevistadas têm se esforçado para colocar a prática como prioridade e 56,5% consideram “bastante pesado” equilibrar vida profissional com a maternidade.

O levantamento ouviu 1.453 mulheres inscritas na plataforma entre 25 a 27 de abril. Pelo menos 90% das mães ouvidas cuidam do aspecto físico, como descansar, realizar atividade física e seguir uma dieta saudável. Outras 57% adotam práticas ligadas ao campo espiritual, como meditar, praticar o silêncio, orar, estudar e ler.

Controle do estresse, terapia e apoio psicológico vêm em seguida, com 56% das mães considerando as práticas fundamentais para a manutenção do autocuidado.

Carreira

Em relação à carreira, equilibrar a maternidade com a vida profissional pesa em alguma medida para 80% das mães pesquisadas. Desse total, o assunto é considerado “bastante pesado” para 56,5%, pois ficam com a maior parte das responsabilidades de cuidar dos filhos e da administração do lar.

Gabriela Cangussú, treinadora do programa Mamãe Sarada na plataforma Queima Diária, responsável por treino dedicado exclusivamente para as mães, explica os benefícios da prática de atividade física para o corpo e para a mente.

“A relação com o próprio corpo, durante e após a maternidade, se aprofunda, especialmente com a mudança física que a maternidade traz, e isso tem consequência direta na autoestima, por exemplo. Trazer atividade física para a rotina em algum momento, mesmo que em poucos minutos por dia, vai ajudando essa mãe a desenvolver melhorando a flacidez, flexibilidade, alívio do estresse, ou seja, trazendo mais qualidade de vida para a nova rotina”, explica a treinadora.

Mãe de três filhas aos 25 anos, Vitória Cristina tinha uma rotina sedentária, além de dificuldade de emagrecer com saúde. Após a segunda gestação, ela chegou aos 95kg e, a partir desse momento, decidiu mudar a rotina. “Conheci a plataforma Queima Diária em 2020 e decidi começar a minha transformação pessoal. Não tinha com quem deixar minhas crianças para me dedicar aos treinos fora de casa, então a opção da plataforma foi ótima”, conta. A porta de entrada foi o programa Mamãe Sarada.

“Na época, os 15 minutos de treino cabiam na minha realidade e isso me motivava a treinar todos os dias da semana”, relembra, reconhecendo os resultados após dois anos de treinos. “Tenho mais saúde e tenho mais disposição para acompanhar o dia a dia das minhas filhas. Hoje, eu consigo levá-las para a escola, ao parquinho, para brincar, consigo estar presente e ter disposição para fazer parte da vida delas. Depois da minha transformação, eu me sinto totalmente rejuvenescida”, comemora.

Plataforma

Queima Diária é a maior plataforma de exercícios on-line da América Latina, com mais de 3 mil videoaulas, divididas em mais de 90 treinos, disponível exclusivamente para assinantes e com mais de um milhão de usuários.

anuncio patrocinado
Anunciando...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui