Diferenças entre climatério e menopausa, qual seus sintomas?

 

A menopausa é considerada a última menstruação para as mulheres, sendo este um marco que representa o fim da idade reprodutiva da mulher, atingindo a saúde feminina como um todo. 

É comum que a mulher na menopausa passe por mudanças hormonais, como a queda de produção de hormônios que causa muitas vezes alterações de humor. 

Além disso, o corpo também passa por várias transformações na menopausa, podendo causar alterações como queda de cabelo e incontinência urinária. 

Para saber mais sobre as diferenças entre climatério e a menopausa, seus sintomas e para saber quando procurar um ginecologista durante o período, continue a leitura. 

 

Quando ocorre a menopausa? E o que caracteriza o climatério?

A menopausa inicia a partir de um ano sem menstruar, isto é, durante aquele um ano em que a mulher começa a se preparar para entrar na menopausa é chamado de climatério. 

Veja bem, o período da menopausa não ocorre de uma hora para a outra, é através da entrada no climatério que o corpo se prepara para a transição de uma fase reprodutiva para uma não reprodutiva que é a chegada da menopausa. 

O climatério é a fase da mulher onde aparecem os primeiros sinais da menopausa, é um momento que a queda de hormônio vai diminuindo sua produção até a menopausa, um ano após a última menstruação.  

 

Quais são os sinais do climatério na mulher?

Como citamos acima, o climatério é um período de transição e com ele os primeiros sinais da menopausa já podem ser observados. Um deles é a baixa produção de hormônios que resultam no fim da menstruação.

Com essa queda de hormônios os fogachos, que são aquelas ondas de calor podem ser notados, inclusive a qualquer hora do dia, mesmo não estando tão calor no ambiente.

Outras consequências como fraqueza das unhas, queda de cabelo e alterações de humor como os episódios de estresse e depressão podem ser notados logo no início do climatério, se estendendo durante a menopausa.

Além disso, o corpo da mulher também passa por transformações, a vagina pode apresentar sinais como secura e atrofias.

As dificuldades para dormir, perda de energia e incontinência urinária são alguns dos sinais que a menopausa está perto. Assim como alterações metabólicas e perda da líbido sexual. 

 

Quando procurar um ginecologista durante a menopausa?

Apesar desses sinais serem comuns antes e durante a menopausa, saiba que alguns sintomas podem indicar a necessidade de procurar um ginecologista durante esse período, principalmente os eventuais sangramentos durante a menopausa.

As causas de sangramento na menopausa podem estar relacionadas a miomas, pólipos e até câncer do endométrio que atinge 5% dos casos de sangramento durante este período de fim da fase reprodutiva da mulher.

Também é indicado procurar um ginecologista no período da menopausa quando os sintomas atrapalham a mulher, sendo recomendado tratamentos com terapias hormonais com aplicações orais, na pele, uso de adesivos transdérmicos e os implantes hormonais nas mulheres.

 

anuncio patrocinado
Anunciando...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui